Atendimento do Centro Nacional de Pensões em Lisboa na Av. 5 de Outubro

Centro Nacional de Pensões Edificio Sede 2019

No final do mês de março de 2019 o atendimento do Centro Nacional de Pensões e os serviços centrais do Instituto da Segurança Social passaram a ter como localização o antigo edifício BNU ou da Caixa Geral de Aposentações na Avenida 5 de Outubro em Lisboa.

Este edifício foi alvo de uma intervenção de modernização e vem concentrar num único local particularmente bem localizado 13 serviços anteriormente dispersos pela cidade. Este edifício fica junto da linha amarela, próximo da linha vermelha e muito próximo da estação intermodal de Entrecampos servida pela linha de Sintra, linha da Azambuja e pela linha da Fertagus que atravessa a ponte 25 de abril. Fica também próximo da Avenida da República e das principais carreira da Carris que aí têm paragem. É ainda servido por estações da bicicletas Gira.

 

Quais os serviços disponíveis?

Segundo a Segurança Social estes serão os serviços concentrados no referido edifício:

  • o serviço sede do Centro Distrital de Lisboa (antes no Areeiro),
  • o serviço de atendimento do Centro Nacional de Pensões (antes em Entrecampos),
  • o Serviço de Verificação de Incapacidades e
  • o serviço de atendimento do Departamento de Proteção Contra os Riscos Profissionais (antes na Av. Estados Unidos da América).

 

Atendimento do Centro Nacional de Pensões em Lisboa

O atendimento do Centro Nacional de Pensões em Lisboa fica concentrado no edifício da Av. 5 de Outubro/Av. de Berna e será feito estritamente por marcação prévia. Contudo, a Segurança Social informa que terá no mesmo edifício, a funcionar:

“Dois postos de informações rápidas (informação não processual), um quiosque que permite ao cidadão aceder à Segurança Social Direta e à Linha Segurança Social, bem como a entrega de envelopes de atendimento diferido.”

 

Onde são exatamente os locais de atendimento?

Eis a informação prestada pela Segurança Social sobre este tópico:

“A entrada para o serviço de atendimento geral é feita pela Av. de Berna, n.º 18-B e para o Serviço de Verificação de Incapacidades e o serviço de atendimento do Departamento de Proteção Contra os Riscos Profissionais, pela Av. 5 de Outubro, n.º 175.”

Centro Nacional de Pensões Edificio Sede 2019

Como fazer a marcação prévia?

Eis como deve proceder e quando para poder garantir que é atendimento nestes serviços da Segurança Social:

“Para agendar com antecedência o atendimento para o dia e a hora mais convenientes, deve ligar o 300 502 502, dias úteis, das 9h00 às 18h00,  Pode também marcar o atendimento através do portal da Segurança Social, em www.seg-social.pt, possibilitando a marcação do atendimento de forma cómoda e sem custos associados para o cidadão.”

Tagged under:

12 Comentários

  • Camilo LoureiroResponder

    Não passa de uma mera encenação! O cerne das questões mantêm-se. Questionam-se as informações que são prestadas uma vez que na maior parte das vezes não correspondem à realidade e comprometem decisões com a irresponsabilidade total de quem as presta!
    Atrasos no deferimento com cerca de 1 ano para os Pedidos de Reforma, sempre com o álibi de um concurso aberto em Agosto/2018 de 200 funcionários que tardam em ser seleccionados, admitidos e formados. Atrasos no cumprimento das decisões do Tribunal de Contas sobre o cálculos dos cortes mal calculados que se verificam desde o ano de 2006. INSENSIBILIDADE TREMENDA PARA QUEM ESGOTOU O SUBSÍDIO DE DESEMPREGO DE LONGA DURAÇÃO E PRETENDE OBTER A REFORMA ANTECIPADA, UMA VEZ DESPROVIDOS DE QUALQUER RENDIMENTO. ATRASOS COM CERCA DE 1 ANO NA ELIMINAÇÃO DOS CORTES TEMPORÁRIOS DAS REFORMAS ANTECIPADAS; etc, etc. etc. Anuncio de que a admissão de novos funcionários implicam uma demora de cerca de 1 ano. Expectativas falsas sobre a suavização dos cortes das reformas que se verificaram durante o período da Assistência Financeira da TROIKA. Enfim meras promessas e folclore…

  • AnaResponder

    E o mal de toda essa triste realidade, é que o povo é sereno, não se passa nada. Reclamamos, mas não passamos à acção. Porque se todos os que estão a sofrer na pele as consequências de informações irresponsavelmente dadas e os atrasos de 1 ano na atribuição de pensões, fizessem finca pé à porta do Centro Nacional de Pensões, agora que o governo anda a fazer propaganda do país das maravilhas, talvez resultasse.

  • Camilo LoureiroResponder

    Aqui vão links de artigos que demonstram a pouca vergonha que se está a passar com o deferimento dos pedidos de pensões que são milhares. Será para reportar a despesa para o próximo quadro governativo!? Porque será que os partidos que apoiam o Governo se mantêm impávidos e serenos com estes assuntos que prejudicam milhares de trabalhadores!? Calculo das Pensões mal efetuados com erros grosseiro (ver auditoria do Tribunal de Contas)
    Aqui vão alguns poucos links:
    https://www.publico.pt/2019/02/25/economia/noticia/queixas-pedidos-pensoes-denunciam-atrasos-10-meses-1863222

    https://www.publico.pt/2018/12/22/economia/noticia/queixas-atrasos-pensoes-triplicam-2018-1855669

    https://zap.aeiou.pt/meio-ano-receber-pensao-reforma-212714

    https://www.publico.pt/2018/07/30/economia/noticia/medidas-para-acelerar-atribuicao-de-pensoes-chegam-em-breve-1839554

    https://www.dinheirovivo.pt/economia/reformas-governo-quer-normalizar-pagamentos-ate-ao-final-do-ano/

    https://observador.pt/2019/02/25/a-resposta-ao-pedido-de-pensao-pode-demorar-ate-um-ano/

  • Ana HortaResponder

    Marcação prévia serve para afugentar quem necessita destes serviços. Vamos lá ver se o dito telefone para marcação também funciona.

  • Elvira FonsecaResponder

    Serviço lamentável,no ninguém sabe dar uma informação concreta, há pessoas há 1 ano há espera que lhes seja paga a reforma a que têm direito, não senhores esse dinheiro não é vosso é nosso trabalhamos muitos anos para ter esse direito, é uma vergonha este ministro e estes serviços estão a deixar as pessoas em situação deplorável , Vergonhoso!!! O número de atendimento para marcação funciona sim tenho marcação para junho, não sei que serviço é este

    • Rui Cerdeira BrancoResponder

      Três meses de espera no serviço de atendimentos por marcação?

  • Elvira FonsecaResponder

    Exato Rui é isso mesmo estou a falar porque é comigo mesmo,como podemos estar três meses á espera para podermos saber uma simples informação que não nos é dado através do telefone,é lamentável ,mas é uma realidade !!

    • Ondina aflaloResponder

      Um ano que sorte eu ja estou a espera a 2anos e 4 meses. Para obter algumas infomaçons fiz 50chamadas telefonicas repartidas pour varias vezes. So assinalar que a minha reforma foi pedida anticipada e que moro na suissa. As imformaçoes sao sempre as mesmas .pena que o nosso portugal continue assim .

      .

  • Camilo LoureiroResponder

    A solução governativa envolvendo os partidos de esquerda tem como efeito a falta de uma oposição forte. Reina o silêncio e apenas com programas televisivos de Ana Leal e outros é que vamos tomando conhecimento destas atrocidades
    Infelizmente o resultado é nulo pois é caso para dizer os cães ladram mas a caravana passa?
    É altura já nas próximas eleições para o parlamento europeu alterarmos a orientação do nosso voto, quando não seja maisem pequenos partidos que não façam parte da solução governativa

  • MarioResponder

    BOM MINISTRO DE TRABALHO NO GOVERNO SOCRATES MELHOR AINDA NO GOVERNO ANTONIO COSTA!!!!!

  • Jorge MergulhãoResponder

    A mudança da logística de atendimento, não justifica o facto de a Segurança Social Directa estar em manutenção à vários dias.
    O sistema informático também foi deslocalizado?
    O que é se passa? Mistério!
    Nos guias são indicados prazos longe de cumprimento e sem justificação à vista.
    Estamos cativados.

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.