Nota de 500 escudos perde validade a 30 de abril de 2018

A 30 de abril de 2018 há mais uma nota de escudos que perde o estatuto de papel moeda convertível em euros e aceite pelo Banco de Portugal.

A nota em concreto é a chapa 12 com efígie de Mouzinho da Silveira um político português dos séculos XVIII e XIX grande defensor da causa liberal e da carta constitucional de 1822.

Quem ainda tiver esta nota de 500$00 e esteja interessado em trocá-la por euros deve fazê-lo junto de uma das delegações do Banco de Portugal (clique aqui para saber onde se localizam e os horários de funcionamento) ou enviando as notas por correio registado para o Banco de Portugal (ver como mais em baixo). Como dissemos, o último dia para troca será 30 de abril de 2018.

 

Como trocar as notas por correio?

Eis as instruções do Banco de Portugal para se proceder à troca de notas:

Na impossibilidade de troca presencial, o numerário pode ser enviado ao Banco de Portugal por correio registado, com valor declarado, para o seguinte endereço:

Banco de Portugal
Apartado 81
2584-908 Carregado

O envio de numerário para troca tem de obedecer aos seguintes requisitos:

  1. As notas/moedas devem ser acondicionadas em envelope fechado com a indicação “Contém numerário” e a discriminação do numerário enviado, colocado dentro de outro envelope postal;

  2. O apresentante deve ser identificado (nome, morada, contacto telefónico e/ou correio eletrónico) e devem ser fornecidos os dados necessários para a realização de transferência bancária (IBAN, para contas domiciliadas em Portugal, ou SWIFT CODE e restante informação bancária necessária, para contas domiciliadas no estrangeiro).

 

Quais as notas de escudo ainda válidas para troca?

Após a perda de validade desta nota, permanecem ainda em vigor cinco notas de escudo que ainda não completaram o período de validade de 20 anos depois da sua entrada em circulação, todas a perder a validade a 1 de março de 2022 como já havíamos indicada no artigo “Trocar Escudos por Euros – Data Limite no Banco de Portugal“.

Por conveniência, eis as lista das notas ainda válidas:

 

500 escudos – Efígie: João de Barros (chapa 13)

 

 

1.000 escudos – Efígie: Pedro Alvares Cabral (chapa 13)

 

 

2.000 escudos – Efígie: Bartolomeu Dias (chapa 2)

 

5.000 escudos – Efígie: Vasco da Gama (chapa 3)

 

 

10.000 escudos – Efígie: Infante D. Henrique (chapa 2)

 

Deixar uma resposta