TOP 10 dos melhores salários em Portugal por setor de atividade

O setor mais bem pago tem um ganho médio de €2.819/mês e o mais mal pago de €776/mês. Para identificar o TOP 10 dos melhores salários em Portugal por setor de atividade recorremos aos dados divulgados pelo Gabinete de Estratégia e Planeamento (GEP) da Segurança Social referentes aos Ganhos e duração do trabalho.

A informação mais recente à data em que escrevemos o presente artigo referia-se a outubro de 2016 e cremos que teria por base a informação sobre as remunerações (quadros do pessoal) que as empresas a operar em Portugal têm de obrigatoriamente comunicar à Segurança Social.

 

TOP 10 dos melhores salários em Portugal

Para identificarmos o top 10 que procuramos utilizamos a informação sobre os ganhos médios mensais por setor de atividade.

O que é o ganho médio mensal?

O ganho médio mensal abrange, além da remuneração base, outras remunerações como horas extra, subsídio de refeição, subsídios de férias, diuturnidades, isenção de horário de trabalho, prémios, entre outros. É assim um valor ilíquido (sem descontos de TSU ou fiscais) mas que se aproxima mais do que o trabalhador efetivamente recebe por mês do que utilizando apenas a remuneração base.

A informação disponível no início de dezembro de 2017, ao nível da profissão, refere-se a 2015, aguardando-se para breve uma atualização com os dados de 2016. Contudo, se considerarmos informação mais agregada, por setor de atividade CAE Rev 3, há dados para outubro de 2016. Foi essa informação que considerámos.

Note-se que esta análise, por falta de disponibilidade de dados, não inclui o setor da Agricultura, nem as Actividades das famílias empregadoras de pessoal doméstico e actividades de produção das famílias para uso próprio e as Actividades dos organismos internacionais e outras instituições extra-territoriais. Ou seja, a análise considerou 17 setores de atividade dos 20 existentes.

 

1ª Posição – Eletricidade, Gás, Vapor, Água Quente e Fria e Ar:

Os trabalhadores do setor da Eletricidade, Gás, Vapor, Água Quente e Fria e Ar recebem, em média, €2.816 por mês ilíquidos, o que representa cerca de 1,5 vezes o ganho médio mensal apurado pelas Segurança Social em 17 setores da economia nacional, segundo dados de outubro de 2017. A diferença face a qualquer um dos restantes setores é particularmente significativa.

 

2ª Posição – Atividades Financeiras e de Seguros:

Apesar da crise financeira da última década ter tido um impacto significativo no setor das Atividades Financeiras e de Seguros, os seus trabalhadores continuam bem posicionados quanto ao ganho médio mensal (€2.214), ocupando a segundo posição e recebendo, em média, mais 93% do que a média nacional.

 

3ª Posição – Atividades de Informação e de Comunicação:

Já a grande distância da primeira posição, os trabalhadores das Atividades de Informação e de Comunicação recebem, em média, €1.885 por mês, mais 64% do que a média nacional.

 

4ª Posição – Transportes e Armazenagem

Entre os trabalhadores do setor de Transportes e Armazenagem destaca-se a quase paridade entre o ganho médio mensal de homens (100,1% da média do setor) e mulheres (99,5% da média do setor). Uma realidade bem mais equilibrada do que no conjunto da economia onde as mulheres recebem 78,1% do ganho mensal médio. Em termos de valor, o ganho mensal médio neste setor fixava-se nos €1.624, mais 41% do que a média dos 17 setores. Este seria alias, apenas o 6º setor com ganho médio mensal mais elevado entre os homens

 

5ª Posição – Atividades Artísticas, de Espectáculos, Desportivas e Recreativas

Entre os trabalhadores das Atividades Artísticas, de Espectáculos, Desportivas e Recreativas, a disparidade de ganho médio mensal é especialmente elevada, muito acima da já de si significativa diferença entre homens e mulheres para a média da economia. De facto, os homens deste setor ganham o equivalente a 127,5% da média do próprio setor enquanto as mulheres se ficam pelos 51,8%, a percentagem mais baixa de todos os setores analisados. Em termos monetários, os homens ganham, em média, €1.962 enquanto as mulheres se ficam pelos €1.015. Este seria, aliás, apenas o 10º setor com ganho médio mensal mais elevado entre as mulheres.

 

Veja o resto do TOP 10 e também os demais setores, na tabela seguinte, construída com base nos dados do GEP.

Uma última nota para o setor que fecha o ranking na 17ª posição, precisamente o que mais tem contribuído para o crescimento económico dos últimos anos: Alojamento, Restauração e Similares (€776/mês ). Será interessante verificar se estaremos a assistir a alguma evolução em termos temporais nas remunerações deste setor. Note-se contudo que o Turismo não se cinge a este setor. Por exemplo, os Transportes e Armazenagem também têm beneficiado e muito de fortes ritmos de crescimento associados à expansão do turismo em geral, entre outros.

 

Atividades CAE Rev. 3 Ganho médio mensal dos trabalhadores por conta de outrem a tempo completo – outubro 2016 (€) % da média  setor   % da média  setor
Total   Homens   Mulheres   Homens   Mulheres
1 D – Eletricidade, Gás, Vapor, Água Quente e Fria e Ar  

2816

2867

2509

101,8 87,5
2 K – Atividades Financeiras e de Seguros  

2214

2453

1973

110,8 80,4
3 J – Atividades de Informação e de Comunicação  

1885

1981

1705

105,1 86,1
4 H – Transportes e Armazenagem  

1624

1626

1617

100,1 99,5
5 R – Atividades Artísticas, de Espectáculos, Desportivas e Recreativas  

1538

1962

1015

127,5 51,8
6 M – Atividades de Consultadoria, Científicas, Técnicas  

1462

1740

1238

119,0 71,2
7 P – Educação  

1264

1464

1193

115,8 81,5
8 B – Indústrias Extrativas  

1228

1229

1221

100,1 99,4
9 L – Atividades Imobiliárias  

1152

1365

989

118,5 72,4
= = > MÉDIA TOTAL < = =  

1145

 

1271

 

993

  111,1   78,1
10 E – Captação, Tratamento e Distribuição de Água; Saneamento, Gestão de Resíduos e Despoluição  

1122

1084

1253

96,6 115,6
11 G – Comércio por Grosso e Retalho; Reparação de Veículos Automóveis e Motociclos  

1086

1174

976

108,1 83,2
12 S – Outras Atividades de Serviços  

1057

1358

943

128,5 69,4
13 C – Indústrias Transformadoras  

1051

1183

858

112,6 72,5
14 F – Construção  

989

981

1047

99,2 106,7
15 N – Atividades Administrativas e dos Serviços de Apoio  

881

926

821

105,1 88,7
16 Q – Atividades de Saúde Humana e Apoio Social  

872

1124

839

128,8 74,7
17 I – Alojamento, Restauração e Similares  

776

876

705

112,9 80,5

Iremos continuar a acompanhar os melhores salários com artigos com mais detalhe.

 

Um comentário sobre “TOP 10 dos melhores salários em Portugal por setor de atividade

  1. Pingback: TOP 10 dos melhores salários em Portugal por setor de atividade (2016) | Economia

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.