Propinas passam a poder ser pagas em sete prestações já em 2017/2018

De acordo com a Lei n.º 68/2017  de 9 de agosto de 2017, o pagamento das propinas devidas pelos estudantes do ensino superior terão de poder ser pagas em, pelo menos, sete prestações mensais, a cobrar a contar do ato da matrícula, sem prejuízo da criação de outras modalidades de pagamento, total ou parcial, pelas instituições.

Adicionalmente, a cobrança, nos casos dos alunos detentores de bolsas de ação social, só pode ser exigido após o pagamento efetivo das referidas bolsas.

Na prática, a lei vem proceder à terceira alteração à Lei n.º 37/2003, de 22 de agosto (Bases do financiamento do ensino superior) e aplica-se a licenciaturas e mestrados integrados.

A entrada em vigor está definida para o dia 1 de setembro de 2017.

GOSTOU DO QUE LEU?
Então não perca nenhum dos nossos artigos.
Receba um EMAIL diário com os resumos:

Deixar uma resposta