Blogs do Ano - Nomeado Política, Educação e Economia

Défice Público no 1º Semestre 2016 ao nível mais baixo desde 2008

O défice público em contas nacionais apurado pelo INE – aquele que é relevante perante a Comissão Europeia – registou uma queda significativa para 2,5%. Esta queda é expressiva quer quando comparado com os 3,2% registados no primeiro trimestre do corrente ano, quer perante os 3,6% registados em igual período do ano anterior.

 

Défice Público no 1º Semestre 2016

No conjunto dos primeiros seis meses do ano o défice público ficou assim nos 2,8% muito abaixo dos 4,6% apurado no primeiro semestre de 2015, sendo o défice mais baixo desde 2008.

Segundo o INE, a melhoria do saldo das Administrações Públicas resultou da conjugação “do aumento de 0,2% da receita e de uma redução de 0,4% da despesa“.

O INE destaca ainda que o défice público caiu três décimas no ano terminado no 2º trimestre de 2016 em relação ao ano terminado no trimestre anterior, fixando-se assim nos 3,4% (ou seja entre o 2º trimestre de 2015 e o 2º trimestre de 2016).

Uma última nota para a taxa de poupança das famílias que registou um ligeiro aumento passando de 3,8% no 1º trimestre para 3,9% no 2º trimestre de 2016 “refletindo um crescimento ligeiramente mais elevado do Rendimento Disponível comparativamente com o da despesa de consumo final (0,7% e 0,6%, respetivamente).

Défice Público no 1º Semestre 2016 - Taxa de Poupança das Famílias 2016

Fonte: INE

Fonte: INE.

Tagged under:

1 Comentar...

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.