Banco de Portugal recruta em direito penal, processual penal ou contraordenacional

O Banco de Portugal recruta em direito penal, processual penal ou contraordenacional continuando assim a apresentar concursos de admissão de pessoal com assinalável regularidade. Desta feita, a vaga disponível destina-se preferencialmente a doutorados em direito penal, processual penal ou contraordenacional. Licenciados estarão eliminados mas mestres nestas áreas ou correlacionadas poderão ser considerados desde que com média igual ao superior a 14 valores e experiência profissional mínima de 5 anos.
Os interessados têm até ao dia 13 de Outubro de 2016 para apresentar a repetiva candidatura.
A função a desempenhar enquadrar-se-á no Departamento de Averiguação e Ação Sancionatória e o recrutado deverá desempenhar funções de Coordenação da Área de Ação Sancionatória.
Da apresentação do concurso destacamos as:
Principais responsabilidades inerentes à função:

• Participar na definição das linhas de orientação estratégica relacionadas com a Área de Ação Sancionatória;
• Definir as ações e os procedimentos técnicos necessários à concretização das funções cometidas à Área de Ação Sancionatória e coordenar a respetiva execução;
• Supervisionar a tramitação dos processos de contraordenação que sejam da competência do Banco de Portugal; 
• Elaborar e coordenar a elaboração de estudos, pareceres e outros trabalhos no domínio do direito contraordenacional;
• Assegurar a participação, a nível nacional, comunitário e internacional, na discussão de políticas de produção ou de alteração normativa;
• Assegurar, no domínio do direito sancionatório, a cooperação com entidades externas, particularmente com outras autoridades de supervisão e autoridades judiciais e policiais.

Os interessados deverão formalizar a candidatura pela internet através do preenchimento da ficha de candidatura eletrónica.
Mais detalhes sobre esta oferta na página de recrutamento do Banco de Portugal.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.