Turismo continua a apresentar bons indicadores

É um facto: o turismo continua a apresentar bons indicadores. Após vários indicadores económicos de conjuntura que apontam para uma abrandamento da atividade económica no início do terceiro trimestre do ano surge uma indicação da resiliência do crescimento no setor do turismo em Portugal.

Turismo continua a apresentar bons indicadores

Segundo os dados relativos a outubro de 2015 apresentados pelo INE referentes à Atividade Turística, a hotelaria continuou a registar um ritmo de crescimento significativo em termos homólogos (+6,9%) acelerando um pouco face ao registo de setembro (6,2%). Para esta evolução contribuíram essencialmente os mercados exteriores que aceleraram de +6,6% em setembro para +8,3% em outubro. O mercado interno cortou o crescimento para menos de metade fixando-se nos +2,3% em termos mensais homólogos.).

Em termos financeiros esta evolução deu origem a um aumento dos proveitos totais em 14,4% (+14,7% em setembro).

Em termos de duração da estadia média o INE refere que :

“A estada média (2,75 noites) foi inferior à do mês homólogo (-2,8%). Para este resultado contribuíram principalmente o Centro (-4,4%) e o Algarve (-4,2%). O Alentejo e a R. A. Madeira foram as únicas regiões com aumentos deste indicador (+3,5% e +2,0%, respetivamente). No período de janeiro a outubro a estada média foi 2,85 noites (-2,1%).”

Por mercados emissores, a situação do acumulado do ano é a que se segue no gráfico do INE que aqui reproduzimos:

Finalmente, a receita por quarto disponível (RevPAR) manteve-se num nível de crescimento elevado:

“O rendimento médio por quarto disponível (RevPAR) foi 37,7 euros (+14,6%). Lisboa apresentou o valor mais elevado deste indicador (64,7 €), seguida pela R. A. Madeira (42,7 €). A evolução em outubro foi globalmente positiva, salientando-se a R. A. Açores (+26,4%) e a Região do Norte (+18,5%).”

Turismo continua a apresentar bons indicadores

Turismo continua a apresentar bons indicadores Dados do INE (Ati vidade Turística)


 

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.