Taxa de inflação em 2014 em Portugal foi negativa

É oficial, a taxa de inflação em 2014 em Portugal foi negativa tendo-se fixado nos -0,3%. Este é o valor mais baixo desde 2009 ano em que os preços também haviam caído (-0,8%). Recorde-se que em 2013 a taxa de inflação havia sido marginalmente positiva: 0,3%.

Segundo o INE  excluindo a energia e os bens alimentares não transformados, a taxa de variação média anual também desceu, passando dos 0,2% em 2013 para 0,1% em 2014. A taxa de variação homóloga situou-se em -0,4% em dezembro de 2014.

Em dezembro de 2014, o ín dice de preços no consumidor (IPC) registou uma variação homóloga de -0,4%, claramente abaixo do registado em novembro (0,0%).

Considerando o Índice Harmonizado de Preços no Consumidor (IHPC) português a variação média anual foi uma décima mais alta do que o IPC, ou seja, fechou o ano nos -0,2% (0,4% em 2013).

Eis algusn excertos do comunicado do INE onde se procura identificar o que mais contribuiu para a evolução da inflação em 2014, em Portugal

“(…) Para além da desaceleração da inflação subjacente, a redução da taxa de variação do IPC entre 2013 e 2014 foi sobretudo determinada pela evolução dos preços dos produtos alimentares não transformados (ver Graf. 2). A variação média anual deste agregado passou de 2,6% em 2013 para -2,1% em 2014, sobretudo devido aos subgrupos das frutas e produtos hortícolas.
Os produtos energéticos contribuíram também para a redução do IPC em 2014, registando uma taxa de variação de -1,4% em 2014 (-0,7% em 2013), sobretudo devido à diminuição dos preços dos combustíveis.

Decomposição Inflação 2014

Decomposição Inflação 2014.
Fonte: INE

Em 2014, verificou-se um crescimento médio anual mais elevado dos preços dos serviços que o observado para os preços dos bens. Com efeito, em 2014, os preços dos serviços aumentaram 0,8% (0,7% e 3,1%, respetivamente em 2013 e 2012) enquanto a taxa de variação média dos preços dos bens foi -1,1% (0,0% e 2,5%, respetivamente em 2013 e 2012).”

Tagged under:

Deixar uma resposta