Regressa a destruição de emprego – INE agosto de 2015

População empregada

Com toda as cautelas que a análise das Estimativas Mensais de Emprego e Desemprego calculadas pelo INE merecem, esta instituição sinaliza que em agosto de 2015, a taxa de desemprego subiu de 12,1% (dados preliminares de julho) para 12,4% (dados preliminares de agosto), tendo o número de empregados evoluído no sentido inverso com o número de postos de trabalho a diminuir em cerca de de 34 mil efetivos.

Segundo o INE, a queda no emprego em agosto foi observada “(…) em todos os grupos analisados neste destaque: adultos (25 a 74 anos) (0,8%; 33,1 mil), mulheres (1,0%; 22,3 mil), homens (0,5%; 12,1 mil) e jovens (15 a 24 anos) (0,5%; 1,1 mil)” o que provocou uma queda de cinco décimas da taxa de emprego que se fixou nos 57%.

População empregada

Fonte: INE

No mesmo período, o desemprego aumentou ligeiramente, em particular entre as mulheres e jovens, tendo contribuído para a subida da taxa de desemprego até aos 12,4%.

Recorde-se que a taxa de desemprego entre a população jovem é quase três vezes superior à da população adulta (acima dos 23 anos), estando a primeira a agravar-se há alguns meses.

Desemprego

Fonte: INE

Tagged under:

Deixar uma resposta