Estado vai favorecer aquisição de veículos elétricos

Não será (ainda) uma iniciativa de grande escala mas retoma-se uma lógica já iniciada por outros governos já não tanto numa perspetiva pioneira mas de consumidor interessado num produto mais maduro.  A Resolução do Conselho de Ministros n.º 54/2015 veio aprovar Programa de Mobilidade Sustentável para a Administração Pública 2015-2020 – ECO.mob e, segundo, este programa o estado compromete-se, no espaço de cinco anos, adquirir 1200 veículos elétricos. Note-se que a atual frota automóvel do estado se cifra em 26 903 veículos (dados do final de 2014) pelo que estamos a falar de pouco mais de 4% do total, ainda assim poderá ser um novo primeiro passo no sentido de alterar o perfil da frota.  O legislador, reconhece agora que:

“os veículos elétricos atualmente disponíveis no mercado já possuem autonomia e outras condições técnicas compatíveis com os requisitos de desempenho exigidos em parte significativa das deslocações diárias dos veículos na Administração Pública, beneficiando, por outro lado, de uma rede de abastecimento crescente. Por outro lado, o progresso técnico e a concorrência comercial têm gerado melhorias contínuas e uma tendência de descida do preço destes veículos, tornando -os uma opção cada vez mais competitiva. Prevê -se assim que sejam integrados no Parque de Veículos do Estado, até 2020, cerca de 1200 veículos elétricos.

Atento o exposto, o Governo decidiu adotar o Programa de Mobilidade Sustentável para a Administração Pública 2015 -2020 — ECO.mob, assente em três grandes eixos de atuação: gestão da mobilidade, tecnologia e comportamentos.

A par da significativa redução de impactes ambientais, este programa permitirá uma redução de custos na ordem dos 50 milhões de euros, no horizonte 2015 -2020. (…)”

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.