Banco de Portugal pretende recrutar um Diretor-Adjunto para o departamento serviços jurídicos

Empréstimos Concedidos a Particulares

Até ao próximo dia 30 de novembro de 2015, o Banco de Portugal pretende recrutar um Diretor-Adjunto para o departamento serviços jurídicos. Deixamos de seguida cópia do anúncio que encontrámos na página de recrutamento do Banco de Portugal:

 

DIRETOR-ADJUNTO PARA O DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS JURÍDICOS

O Banco de Portugal pretende recrutar um Diretor-Adjunto para o Departamento de Serviços Jurídicos.
 
O Departamento de Serviços Jurídicos tem por missão essencial prestar consulta jurídica ao Conselho de Administração e aos Departamentos, assim como assegurar o patrocínio, forense ou outro, do Banco de Portugal. O departamento integra uma equipa com cerca de 25 pessoas, predominantemente juristas altamente qualificados e com uma vasta experiência profissional.
 
Banco de PortugalAs responsabilidades inerentes à função incluem coadjuvar ou substituir o Diretor na gestão dos recursos afetos ao Departamento, bem como na orientação e supervisão das tarefas do Departamento, nomeadamente:
i) prestar consultoria jurídica ao Conselho de Administração e aos departamentos ou outras unidades de estrutura;
ii) gerir o contencioso do Banco de Portugal;
iii) preparar instrumentos legislativos ou normativos;
iv) representar o Banco em grupos de trabalho nacionais e internacionais sobre matérias enquadráveis no âmbito da missão do Departamento.
PERFIL REQUERIDO
• Mestrado (pré-Bolonha) ou Doutoramento na área do Direito;
• Conhecimentos sólidos na área do Direito Público e do Direito Financeiro;
• Experiência profissional relevante na preparação de projetos legislativos ou regulamentares;
• Experiência comprovada em funções de gestão/direção/coordenação de equipas (mínimo exigido de 5 anos);
• Elevada capacidade de liderança e de gestão de equipas, facilidade de comunicação e de relacionamento interpessoal e capacidade de promoção do espírito de equipa;
• Capacidade de iniciativa e elevado sentido de responsabilidade, disponibilidade e exigência;
• Fluência em português e inglês (escrito e falado).
 
METODOLOGIA DE SELEÇÃO E PROCESSAMENTO DE CANDIDATURAS
A seleção será efetuada mediante análise curricular e entrevista.
O perfil profissional dos candidatos será apreciado por um painel de seleção, que submeterá ao Conselho de Administração do Banco de Portugal uma proposta para decisão.
As candidaturas podem ser apresentadas até ao próximo dia 30/11/2015 (inclusive), através do preenchimento da Ficha de Candidatura Eletrónica e do respetivo Anexo (são requeridos carta de motivação, curriculum vitae detalhado e declaração de compromisso de confidencialidade).
Em caso de dificuldade no preenchimento ou no envio da Ficha de candidatura, por favor contacte o Banco de Portugal pelo telefone +351 213 130 500 (disponível nos dias úteis entre as 8h30 e as 16h30).
COMPROMISSO DE CONFIDENCIALIDADE
Todos os intervenientes neste processo de seleção assinam uma declaração de compromisso de confidencialidade, onde, entre outras condições, fica expressa a obrigação de sigilo relativamente à comunicação a terceiros do nome e do número de candidatos, bem como dos resultados obtidos no processo de seleção.

Tagged under:

1 Comentar...

  • rui teixeiraResponder

    Mais uma malandrice, e só espectáculo, o lugar já esta ocupado, este concurso e um faz de conta, e PaF.

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.