Quem conseguiu encontrar emprego face ao período homólogo?

Quem conseguiu encontrar emprego face ao período homólogo? Eis a tipificação que o INE encontrou para o 3º trimestre de 2014 face ao mesmo período de 2013:

  • pessoas dos 45 aos 64 anos (3,0%; 52,6 mil);
  • pessoas com nível de escolaridade completo correspondente ao ensino superior (15,2%; 144,6 mil) e secundário e pós-secundário (6,5%; 66,8 mil);
  • empregadas/os no setor dos serviços (3,7%; 110,1 mil);
  • trabalhadores/as por conta de outrem (6,0%; 208,7 mil);
  • empregadas/os a tempo completo (3,3%; 127,1 mil);
  • homens e mulheres em partes iguais (2,1% e 2,2% e 47,8 mil e 47,9 mil, respetivamente).

E depois destes incrementos como ficou a caracterização da população empregada? Assim segundo o INE:

  • Por sexo: 51,7% de homens e 48,3% de mulheres.
  • Por grupo etário: 6,0% de jovens (15 a 24 anos), 20,9% dos 25 aos 34 anos, 28,2% dos 35 aos 44 anos, 39,2% dos 45 aos 64 anos e 5,8% com 65 e mais anos.
  • Por nível de escolaridade: 51,9% de pessoas que completaram, no máximo, o 3º ciclo do ensino básico, 24,1% o ensino secundário e pós-secundário e 24,0% o ensino superior.
  • Por setor de atividade: 8,9% de pessoas empregadas no setor da agricultura, produção animal, caça, floresta e pesca, 23,9% no setor da indústria, construção, energia e água e 67,2% nos serviços.
  • Por situação na profissão: 80,5% de pessoas empregadas por conta de outrem (destas, 77,9% com contrato de trabalho sem termo), 18,8% por conta própria e 0,6% trabalhadores/as familiares não remunerados/as.
  • Por regime de duração do trabalho: 87,0% de pessoas empregadas a tempo completo e 13,0% a tempo parcial.

Estamos a analisar os dados das Estatísticas do Emprego do INE.

Tagged under:

1 Comentário

Deixar uma resposta