Em 2013 houve mais acidentes, mais feridos e menos mortes na estrada

O número de acidentes com vítimas (no Continente), em 2013, aumentou 1,6% para 30 339 tendo provocado 39 390 vítimas (+1,5%). Entre as vítimas 637 faleceram representando, ainda assim uma diminuição de 11,3% face ao ano anterior. Segundo o INE na Região Autónoma dos Açores faleceram 17 indivíduos, menos um do que na Madeira.

Os meses de janeiro e agosto foram os mais mortíferos em 2013 nas estradas nacionais e o mês de abril foi o que gerou menos vítimas mortais em 2013.

A 31 de dezembro de 2013 existiriam 4,3 milhões de veículos ligeiros de passageiros presumivelmente em circulação o que conduz a uma taxa de motorização de 413,8 veículos ligeiros de passageiros por 1 000 habitantes (405,0 em 2012).

Mais detalhes no INE.

Tagged under:

Deixar uma resposta