Queda do PIB atingiu os 4% no 1º trimestre de 2013

O INE reviu hoje em baixa a primeira estimativa que havia feito para a variação do PIB no 1º trimestre de 2013 face a igual período do ano anterior. Assim o valor apresentado na estimativa rápida (-3,9%) foi agora, após receção de mais informação, em particular sobre o comércio externo, revisto para -4,0%, agravando assim a queda registada no 4º trimestre de 2012 que, recorde-se, havia sido de -3,8%.

Um agravamento muito significativo da procura interna do 4º trimestre de 2012 para o 1º de 2013 terá sido uma das principais justificações para este agravamento da queda homóloga do PIB apenas parcialmente atenuado pelo comportamento da procura externa (em particular pela queda das importações de bens e serviços).

Ao nível do investimento assinala-se uma forte quebra, claramente superior à registada no final de 2012 e, no caso do investimento em construção verificou-se mesmo a maior quebra homóloga desde, pelo menos, 2001.

Face ao trimestre imediatamente anterior registou-se uma queda de 0,4% do PIB prolongando-se assim a recessão por mais um trimestre.

PIB Trimestral 2001 a 2013 - Portugal
investimento 2013

Tagged under:

Deixar uma resposta