Número de funcionários públicos já caiu 6% desde 2011

O número de funcionários públicos em Portugal continua a queda significativa, tendo-se fixado nos 574 946 efetivos no final do 2º trimestre de 2013 o que representa uma queda de 6,0% desde o final de 2011 ou, por outros números, de menos 38 855 indivíduos.

Esta queda foi mais acentuada na administração central (-6,6%) e nesta, em particular, no Estado (-7,7%). Na administração local a contração foi de 4,8% tendo sido de 3,7% na região autónoma da Madeira e de 1,9% da região autónoma dos Açores.

Comparando junho de 2013 com junho de 2012 constata-se que o número de funcionários públicos diminuiu 4,7% no período de um ano.

Em cada 100 indivíduos da população ativa, 10,6 trabalham no Estado e em cada 100 empregados 12,8 trabalham para o Estado. Entre os trabalhadores por conta de outrem, os funcionários públicos em sentido lato, representam 16,3% do total.

Note-se que nestas estatísticas não se consideram apenas aqueles que têm contrato em funções públicas. Trabalhadores com vínculo comum ao sector privado (contrato individual de trabalho) e com descontos para o regime geral da Segurança Social que tenham o Estado como entidade patronal são também abrangidos.

Pode encontrar informação estatística detalhada para o número de efetivos e remunerações pro áreas funcional, ministérios, segundo as contas nacionais entre outros na síntese trimestral da Direção-Geral da Administração e do Emprego Público.

Tagged under:

1 Comentar...

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.

NOS