Novos horários na função publica agravam condições de transporte nos centros urbanos?

Em particular nas grandes cidades do país (Lisboa, Porto, Coimbra) é natural que por estes dias se comece a sentir na sua plenitude o aumento de afluência nos vários canais de transporte por via da concentração no mesmo horário de centenas de milhar de funcionários públicos que passam a partilhar o mesmo horário de entrada e de saída comum à maioria dos trabalhadores do privado. Ou seja, com os novos horários da função pública entrar às 9 e sair às 18 horas passa a ser comum a mais trabalhadores e o afluxo adicional porá à prova a capacidade instalada no sistema de transportes.

Para já, há ainda serviços de dimensão importante que não estão a cumprir com o novo horário, como sucede com algumas câmaras municipais e o ensino superior está ainda a entrar em “velocidade de cruzeiro” quanto à frequência de aulas mas, em princípio, em breve, o impacto será total e a menos que, tal como acontece em alguns sectores no privado, haja acordo de contratação coletiva que instituam horários mais curtos ou diferenciados, serão efetivamente algumas centenas de milhar os novos trabalhadores das 9 às 18.

Uma das consequências previsíveis é que os congestionamentos que se tornaram mais raros com o aumento dos despedimentos nos últimos anos e quebra do poder de compra (com muitas pessoas a migrarem para opções de transporte coletivo mais económicas) regressem com mais frequência, sendo uma incógnita qual o impacto efetivo, quer na rodovia, quer na ferrovia quer no metropolitano.

 

2 comentários sobre “Novos horários na função publica agravam condições de transporte nos centros urbanos?

  1. Que chatice, lá vêm os funcionários públicos ocupar os transportes (públicos) nos horários das pessoas “normais”…
    Mas isso resolve-se e, tendo em conta o elevado interesse da nação, para possibilitar que as pessoas “normais” tenham o seu direito ao transporte (público) salvaguardado, temos que fazer já uma nova revolução (dos cravos) de forma a repor o anterior horário de trabalho dos funcionários públicos.

    E não pensem que isto é por algum interesse pessoal na questão, não , garanto que não é, pois o meu horário de trabalho não é das 09h00 às 18h00 como vai (?) passar a ser o dos funcionários públicos, o meu horário é das 09h00 às 19h00 🙁 pois sou um dos muitos milhares de trabalhadores (privados) que (ainda) trabalham no comércio…

  2. O Miguel está pelos vistos a ser explorado, mas não se revolta, basta-lhe que o mesmo aconteça aos outros para se sentir vingado…
    Boa vai ela!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.