Malparado continua a subir e crédito só para grandes investimentos (boletim estatístico)

Segundo o Boletim Estatístico do Banco de Portugal hoje publicado, o crédito malparado voltou a ultrapassar o anterior máximo histórico fixando-se, entre as famílias, nos € 2286 milhões. Entretanto, o montante global em dívida à banca por parte dos particulares continua a contrair, tendo correspondido a €163,687 mil milhões. Igual andamento foi registado entre as empresas enquanto que a dívida pública continua a aumentar significativamente.

Quanto à concessão de crédito às empresas, regista-se uma atitude dual por parte da banca: para grandes empresas sim, para pequenas e médias não. Esta caricatura resulta do facto de terem aumentado os créditos superiores a um milhão de euros e terem diminuído os créditos para empréstimos até esse valor (face ao período homólogo).

 

Tagged under:

Deixar uma resposta