60 vagas com salário líquido desde €1100 – engenheiros (e não só)

A empresa de tecnologias de informação portuguesa Safira, está a recrutar 60 engenheiros para várias posições aceitando candidaturas de pessoas com e sem experiência profissional com formação superior em Engenharia Informática, Tecnologias de Informação, Electrotécnica e equiparáveis.

Segundo noticia o Diário Económico, a taxa de retenção dos recrutados é muito elevado confirmando-se assim a entrada para o quadro da empresa. Além das competências técnicas relevam as capacidades de comunicação com clientes.

Adicionalmente e uma vez que se trata de uma empresa em expansão surgem também vagas que exigem formação distintas, como sucederá neste momento com duas vagas para a área de recursos humanos.

A Safira é uma das melhores empresas para se trabalhar no país segundo o ranking mais recente da revista Exame.

Os interessados podem aceder à página de recrutamento da Safira e encontrar vários processos de recrutamento para trabalhar em Portugal e para trabalhar na Polónia.

Tagged under:

5 Comentários

  • Anonfag Responder

    60 vagas? Onde? No site da Safira encontram-se (há já bastante tempo) 12 vagas, metade delas para a Polónia. E quanto a vagas para recém -licenciados? Onde? Só vejo vagas para profissionais com experiência ao nível Sénior e não Júnior.
    Por favor, queiram noticiar as coisas como elas são. Obrigado.

    • Mapari Responder

      A fonte da notícia é a diretora de recursos humanos da Safira. O compromisso deles é recrutarem 60 pessoas, não necessariamente todas ao mesmo tempo, mas ao longo do ano.

  • Manuela Vaz Responder

    Finalemente uma luz num fim do túnel, será realidade ou apenas mais um sonho?? Se não for a sorte para mim que o seja para outro colega. Desejo sorte a todos os concorrentes.

  • Alexandre Responder

    No website que vocês fornecem (da Safira) somente constam 12 vagas de emprego. Bastante longe das 60 mencionadas…

    • Mapari Responder

      Eles afirmam que têm planos para ir colocando pelos menos 60 vagas ao longo do ano. Não se comprometeram com a data, mas asseguram que vão precisar de mais 60 trabalhadores este ano e que a todo o momento podem surgir novos concursos.

Deixar uma resposta