Taxas de Usura – valores máximos oficiais para o 1º trimestre de 2013

Com a queda dos valores médios das taxas de juro cobradas em vários tipos de crédito, nomeadamente em cartões de crédito, o limiar máximo autorizado (que admite taxas que ultrapassem a média em um terço de si própria) agora sindicado pelo Banco de Portugal para vigorar no primeiro trimestre de 2013 foi reduzido em vários pontos percentuais. Mas também houve movimentações em sentido inverso como sucedeu com os “Outros Créditos Pessoais” que passaram a partilhar a taxa com os cartões de crédito.

Pode comparar as taxas que entrarão em vigor a 1 de janeiro com as que estão ainda em vigor até ao fim do ano (ver “Taxas de Usura – valores máximos oficiais para o 4º trimestre de 2012“).

Eis as taxas de usura para o primeiro trimestre de 2013 – fonte: Banco de Portugal.

1.º Trimestre de 2013TAEG Máximas
Crédito Pessoal: Finalidade Educação, Saúde, Energias Renováveis e Locação Financeira de Equipamentos6,5%
Outros Créditos Pessoais (Sem Fin. Específica, Lar, Consolidado e Outras Finalidades) e Crédito Revolving(Cartões de Crédito, Cartões de Débito Diferido, Linhas de Crédito, Contas Correntes Bancárias e Facilidades de Descoberto)27,5%
Crédito Automóvel
– Locação Financeira ou ALD: novos9,2%
– Locação Financeira ou ALD: usados10,8%
– Com reserva de propriedade e outros: novos12,6%
– Com reserva de propriedade e outros: usados17,1%

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.