CMVM sugere que mercado de ações português é um dos menos subavaliados quando comparado com pares europeus (act.)

A CMVM acaba de fazer publicar a 1ª edição da uma publicação semestral em inglês dedicada à análise dos riscos e dos mercados de valores mobiliários. Pelo que nos é dado ler a publicação contém uma breve análise macroeconómica aos mercados, seguida dos desenvolvimentos recentes num conjunto selecionado de mercados de valores mobiliários e remata com estudos temáticos, neste número, concretamente, sobre:

  • Portuguese banks securities and a closer look at covered bonds
  • A closer look at the real estate fund market

Tanto quanto sabemos este é a primeira incursão com promessa de regularidade por parte da CMVM ao nível da análise da conjuntura sobre os mercados que acompanha (clique aqui para descarregar o “Risk Outlook – 1st Issue –  November 2011, CMVM“). Eis um dos parágrafos introdutórios:

As a result of the combination of stock market price indices fall and increases in corporate earnings in 2011, the price-to-earnings ratio (PER) of the major European and US indices decreased in the first 10 months of 2011. From a pool of international indices composed by the FTSE100, the DAX40, the CAC40, the IBEX35, the S&P500 and Nikkei225, PSI20 displays a relatively low PER (11.9), similar to the French (11.7). CMVM analysis on the basis of the CAPE and the PER indicators suggests that the Portuguese market could be considered as the least undervalued among a set of four European markets.

Tagged under:

Deixar uma resposta