Novos contratos de aquisição de habitação pagam em média 4,059% de taxa de juro

[wp_ad_camp_1]

Segundo a informação mais recente do INE relativa à taxa de juro implícita no crédito à habitação, os créditos para aquisição de habitação realizados nos últimos três meses tiveram um valor médio de 84 250€, correspondendo a uma taxa média de juro de 4,059% e a uma prestação mensal média de 399€.

Comparando com o acumulado histórico deste tipo de contratos ainda ativos, a prestação mensal é superior em 102€ ao valor médio e a taxa de juro é cerca de 70% superior (mais 1,625 pontos percentuais). A valor médio que os investidores estão a pedir para aquisição de habitação durante os últimos três meses foi significativamente superior ao valor médio em dívida para este tipo de crédito (mais 21 871€) contudo, a tendência clara da evolução deste indicador tem sido de clara descida. O valor de 84 250€ registado em maio de 2012 compara com 92 752€ registado em maio de 2011.

Taxas de juro implícita crédito à habitação Maio 2012 - Gráfico INE

Taxas de juro implícita crédito à habitação Maio 2012 – Gráfico INE

A taxa de juro cobrada a novos créditos para a aquisição de habitação subiu em maio de 2012, enquanto que a taxa de juro aplicada ao conjunto dos créditos ativos com este fim, desceu. Ou seja, a instituições financeiras encareceram o custo aplicado a novos contratos mas, por via das descida do indexante (euribro), a taxa de juro média global continua a descer.

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.