Evolução dos indicadores de escolaridade – Censos 2001 e Censos 2011

Alguns dos números mais impressionantes que se apuraram com os censos 2011 (além dos indicadores relativos ao rápido envelhecimento populacional) serão talvez os relativos à escolaridade.

 

Indicadores de escolaridade – Censos 2001 e Censos 2011

Em apenas 10 anos, a população com ensino superior quase duplicou passando de 8,81% para 15,11%, atinguindo na NUTS II de Lisboa os 21% do total da população. Mas vale a pena comparar alguns indicadores fornecidos pela tabela que se segue encontrada no INE. Esta é, sem margem para dúvida, a população portuguesa com o maior nível de escolaridade de sempre, a grande distância do que acontecia há apenas 10 anos. Se nada de dramático acontecer quanto às políticas que vinham sendo seguidas até aqui, a tendência natural será a de que a população com ensino superior se aproxime dos 25% – note-se que entre a população com 30 a 34 anos são já mais de 1 em cada 4 que têm o ensino superior. A população adulta com que completou o ensino secundário era em 2011 de 31,69%, ou seja, quase 1 em cada 3 portugueses.


Na publicação síntese do INE sobre os dados definitivos dos Censo 2011 é possível encontrar muito mais informação sobre este tema (evolução por sexo, tipo de formação, etc) bem como sobre muitos outros.

Tagged under:

Leave a Reply

Your email address will not be published.