Taxas de usura para o 2º trimestre de 2011 fixadas pelo Banco de Portugal

O Banco de Portugal acaba de actualizar as taxas de juro máximas que podem ser exigidas em vários tipos de crédito. No 2º trimestre de 2011, admitir-se-á uma aumento da generalidade das taxas de juro a cobrar caso se pratiquem os limites máximos autorizados. Compare aqui com as taxas em vigor no corrente trimestre: “Taxas de juro máximas para o 1º trimestre de 2011 | Banco de Portugal“.  

No 2.º trimestre de 2011, vigoram as TAEG máximas constantes do quadro abaixo:

2.º Trimestre de 2011 TAEG Máximas
Crédito Pessoal
– Finalidade Educação, Saúde e Energias Renováveis e Locação Financeira de Equipamentos 6,1%
– Outros Créditos Pessoais 19,1%
Crédito Automóvel
– Locação Financeira ou ALD: novos 8,0%
– Locação Financeira ou ALD: usados 9,2%
– Com reserva de propriedade e outros: novos 11,5%
– Com reserva de propriedade e outros: usados 15,2%
Cartões de Crédito, Linhas de Crédito, Contas Correntes Bancárias e Facilidades de Descoberto 34,3%

Tagged under:

Deixar uma resposta