Pouco mais de metade das empresas portuguesas tem sítio na internet em 2011

Mais um inquérito oficial com dados sobre a utilização da internet e afins, desta feita a edição de 2011 do Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Empresas  realizado pelo INE (clique para aceder).

Destacamos três parágrafos da publicação de sete páginas:

“Das empresas não financeiras com 10 e mais pessoas ao serviço, 24% realizaram comércio eletrónico no ano anterior (através de Internet ou de outras redes), 16% receberam encomendas de bens ou serviços e 14% efetuaram encomendas pela mesma via.

A proporção de empresas não financeiras que realizaram comércio eletrónico é mais elevada nas empresas com 250 e mais pessoas ao serviço, decrescendo à medida que diminui a dimensão das empresas: entre as grandes empresas 34% receberam e 31% efetuaram encomendas; no conjunto das médias empresas as proporções são de 19% e 15%, respetivamente. Para as pequenas empresas, 15% receberam e 14% efetuaram encomendas eletrónicas.

Das empresas que efetuaram encomendas eletrónicas em 2010, mais de metade (60%) referem ter efetuado encomendas que representaram pelo menos 10% do valor total das compras da empresa. Sublinha-se que para 22% das empresas, as compras por via eletrónica representaram 75% ou mais do total das compras efetuadas.”

Tagged under:

1 Comment

  • Antonio MonteiroResponder

    Bom dia,
    Estive a ler este artigo , que nos dá informação util, no entanto acho que ficam algumas perguntas por responder:

    1º Que tipo de empresas querem ter a sua presença online?

    Eu penso por exemplo numa mercearia , que presença pode ter online?

    2º Porque é que as empresas que ainda não têm presença mas querem, não o fazem?

Deixar uma resposta