O que é o semáforo nutricional e como interpretá-lo?

“O sistema funciona assim: a quantidade de gorduras saturadas que podemos comer por dia é 22 gramas, de acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Se estivéssemos em terras espanholas, um pacote de bolacha que trouxesse mais de 20% dessa recomendação em 100 gramas do produto teria que assinalar o nutriente em vermelho. Se a quantidade ficasse entre 5% e 20% da ingestão diária indicada, o nutriente viria em amarelo. E se tivesse menos de 5%, viria em verde. Além disso, essas informações estariam na parte frontal do rótulo.

Vários fabricantes europeus estão adotando esse “semáforo nutricional”, que teve origem no Reino Unido há poucos anos, com o intuito de facilitar a vida dos consumidores.”

In Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor

O excerto colocado em cima vem do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, mas não é um realidade desconhecida em Portugal, em bom rigor, tem vindo a ganhar adeptos na indústria e retalho alimentar nacionais. Em algumas embalagens de produtos alimentares é já possível encontrar implementado um sistema de rotulagem inspirado no modelo nascido nos Reino Unido de identificar características nutricionais dos alimentos de acordo com as cores dos semáforos de trânsito. Desta forma procura-se dar informação ao potencial consumidor sobre as características e riscos possível que poderá correr quando adquirir e consumir os referidos produtos.

A percentagem de calorias, gorduras, de gorduras saturadas, de açucar e de sal, que estão contidas numa porção do produto (também ela enunciada), face à dose diária recomenda, surge indicada na embalagem apresentada graficamente dentro de uma bola colorida. Essa moldura colorida será vermelha se a porção do alimento representar uma percentagem elevada das dose diária recomendada, passando a laranja ou a verde à medida que diminuir o risco/ aumentar o equilíbrio nutricinal implícito no produto e numa alimentação saudável. Se consumir um produto laranja ou vermelho num determinado composto já sabe que terá de ter moderação no consumo de outros produtos durante esse dia quanto ao item assinalado (seja ele as calorias, as gorduras,  as gorduras saturadas, o açucar, ou o sal).

Em Portugal há já várias marcas que adoptaram este sistema de sinalização de rótulos. A imagem que usámos para ilustrar este artigo foi retirada precisamente de um desses produtos.

Pode obter mais informação sobre este tema nos seguintes locais (entre muitos outros):

Tagged under:

Deixar uma resposta