Crescimento homólogo da inflação acelera para 4,1% em Abril de 2011

Se excluirmos os bens alimentares não transformados e os combustíveis, o crescimento homólogo dos preços no consumidor em Abril de 2011 foi de 2,6%, o índice global cresceu 4,1% um dos valores mais altos em muitos anos.

Neste momento, a taxa de inflão (a média anual dos últimos 12 meses) está nos 2,5% com fortes expectativas de se aproximar dos 4% até ao final do ano.

As despesas com transportes surgem destacadas como as que mais contribuiram para o crescimento recente dos preços, seguidas de perto das despesas com Habitação, água, electricidade, gás e outros combustíveis.

Consulte os dados do INE.

Tagged under:

Deixar uma resposta