Crescimento das Exportações mantêm-se elevado

O ritmo de crescimento homólogo das exportações e das importações diminuiu no trimestre terminado em Novembro de 2010 face ao trimestre terminado em Outubro de 2010, mas o diferencial claramente favorável às exportações manteve-se. Estas aumentaram 12,8% face a igual período do ano anterior contra um aumento de 4,6% das importações. Como consequência, o desequilibrio da balança comercial portuguesa continua a diminuir, atingindo a taxa de cobertura os 66,6% (mais 4,8 pontos percentuais do que há um ano), ou seja, exportamos 2 euros por cada 3 euros que importamos. A evolução positiva da taxa de cobertura foi particularmente acentuada quando se consideram apenas os países da Zona Euro e da União Europeia.

Para mais detalhes passe pelo sítio do INE.

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.