Arranjar dinheiro para o Estado: uma solução espanhola – vender as lotarias (act.)

O governo espanhol decidiu vender em bolsa (operação pública de venda) a lotaria estatal esperando com isso arrecadar cerca de 7 mil milhões de euros e ajudando, de caminho, a dinamizar o mercado de valores mobiliários, introduzindo na bolsa espanhola uma sociedade que deverá passar a ser a 7ª maior com direito a entrada direta no índice de referência do mercado, o IBEX35 (via Negócios).

Recorde-se que o governo espanhol (e o português) está também a estudar forma de introduzir impostos no jogo online que tem passado largamente incólume na Europa em termos de fiscalidade.

Por cá sabe-se que está em consideração a nacionalização da componente de acção social da Santa Casa da Misericórdia, a instituição com o monopólio dos jogos de azar em Portugal, devendo com isso o Estado absorver as reservas de algumas centena de milhões de euros que se encontram acumuladas no balanço dessa instituição.

Adenda: a operação de colocação em bolsa das lotarias teve, contudo, um desfecho negativo: “O que falhou na colocação em Bolsa das Lotarias (em castelhano)

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.