Portagens Brisa aumentam 2,3%: conheça os novos preços 2011

Tal como aqui avançámos em Novembro em “Aumento das Portagens será de 0,6% (sem contar com o aumento do IVA)”, confirma-se que as portagens irão aumentar tendo hoje surgido o exemplo da Brisa que assume um aumento real médio de 2,3%. No seu comunicado de hoje a Brisa não ressitiu à tentação de desvalorizar o aumento (antes de inflação) afirmando que esse aumento – de 0,6% – é claramente inferior à inflação de referência – que é de 2,3%. Há alguma desonestidade intelectual neste detalhe ao dar a entender que estaráo a aumentar menos do que poderiam pois, tal como afirmámos em artigo anterior:

“O aumento não será contudo de 2,3% porque a este valor terá de se subtrair o efeito da deflação registada em Outubro de 2009 (mês em que a variação homóloga foi de -1,7%) e que foi ignorado em Janeiro de 2010 já que os preços não desceram tendo ficado antes constantes. Deste cálculo resulta o referido aumento médio de 0,6% a que acrescerá o aumento do IVA em dois pontos percentuais já previsto no Orçamento de Estado de 2011 que se preparar para ser aprovado. Este aumento afectará várias concessionárias como as recentes Ex-SCUTS, a Brisa, as Auto-Estradas do Atlântico, Lusoponte e AENOR.”

Ou seja, em 2010, a Brisa cobrou portagens acima do devido (ainda que devidamente autorizada para o fazer), atendendo a que a inflação negativa que se registou em Outrubro de 2009 foi ignorada na actualização de preços de 2010. Enfim, truques de marketing enganoso facilmente desmontáveis, mas provavelmente eficazes para os mais incautos. O que é certo é que a Brisa não está a fazer favor nenhum aos clientes reduzindo margens ou coisa que o valha, por esta via. Vejamos os novos preços de algumas das portagens da Brisa anunciado no seu sítio:

A1: Lisboa/Porto – €19,95 (€0,25)
A2: Lisboa/Algarve – €18,95 (€0,30)
A3: Braga (Sul)/Porto – €2,55 (€0,05)
A4: Campo/Ermesinde – €0,6 (inalterado)
A5: Carcavelos (PV) – €1,25 (inalterado)
A9: Estádio/Alverca – €3 (0,05€)

Os novos preçso entram em vigor a 1 de Janeiro de 2011.

Tagged under:

Deixar uma resposta