Lá em casa vamos emprestar cerca de 200€ à Grécia

Se me oferecessem um depósito a prazo a três anos com uma taxa de juro médio anualizada de 5% líquidos e garantido até 100 mil euros contra o risco suberado de 15 dos 16 países da zona euro eu até lhes emprestava 200 euros. Pois é mais ou menos isso que cada família portugueses teoricamente vai fazer com a notícia de que Portugal irá contribuir com um montante de 774 milhões de euros (valor proporcional à nossa quota no capital do Banco Central Europeu, cerca de 2,5%) para emprestar à Grécia.

Se a Grécia accionar este instrumento lá vai o défice engordar mais um pouco, esperemos que não o suficiente para ficarmos gregos.

Tagged under:

2 Comentários

  • Pingback:Economia & Finanças

  • ArzebiuResponder

    Não te preocupes que quando eles melhorarem a economia deles devolvem a ajuda. 🙂

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.