IRC 2010: Benefícios fiscais disponíveis para empresas com sede em Portugal

A PWC, uma das maiores auditoras financeiras que temos no mercado nacional e internacional vem apostando há vários anos na disponibilização de informação fiscal genérica a toda a comunidade. Haverá estratégias de marketing menos recomendáveis e precisamente por considerarmos a iniciativa plena de externalidade positivas destacamos a página na PWC onde se centraliza a informação contendo os benefícios fiscais em vigor ao longo do ano de 2010 acessiveis às empresas em Portugal.

Destacamos os títulos cobertos no Guia Fiscal de IRC 2010 da PWC.

  • Benefícios fiscais contratuais ao investimento produtivo
  • Sistema de incentivos em investigação e desenvolvimento empresarial (SIFIDE)
  • Regime Fiscal de Apoio ao Investimento realizado em 2009 (RFAI)
  • Incentivos fiscais à interioridade
  • Criação líquida de empregos
  • Mecenato
  • Crédito por dupla tributação internacional
  • Centro Internacional de Negócios da Madeira (CINM)
  • Sociedades Gestoras de Participações Sociais (SGPS) e Sociedades de Capital de Risco (SCR)
  • Região Autónoma dos Açores
  • Eliminação da dupla tributação económica dos lucros distribuídos por sociedades residentes nos PALOP’s e em Timor Leste
  • Outros benefícios

Naturalmente não nos responsabilizamos por erros ou imprecisões que possam existir na página referenciada. A listagem (não esquecer de ver os Outros Benefícios que não são exaustivos) é impressionante… Vejamos em que ficam com o Orçamento de Estado de 2011.

Tagged under:

Deixar uma resposta