Os COELHOS ANÕES do Japão e a Escola Superior Agrária de Castelo Branco

Em busca de boas notícias para temperar os dias encontrámos esta do Jornal Oje “Escola Agrária de Castelo Branco cria rações para o Japão“. Segundo relata a história, a Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco juntamente com a empresa Meskliflower de Idanha-a-Nova juntaram competências (os primeiros oferecem as fórmulas e a certificação científica e os últimos a capacidade de produção) e estão a alimentar, literalmente, o mercado de animais de estimação japoneses, particularmente os 5 milhões de pequenos coelhos anões que os japoneses acarinham como animais de estimação.

Publico e privado em sintonia depois de terem convencido os potenciais clientes que se deslocaram in loco recentemente às insta~lações albi-castrenses. Junte-se-lhe o facto de isto estar a acontecer num distrito extremamente envelhecido onde cada caso destes faz muita diferença e julgo que temos história que cumpre com os requisitos de boa notícia.

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.