Economia portuguesa estagnou em 2008

Segundo a estimativa rápida do 4º trimestre divulgada há instantes pelo INE, a variação do PIB em 2008 terá sido nula. Lá para início de Março saberemos se foi um nulo positivo ou negativo (uma velha “private joke” iniciada quando Manuela Ferreira Leita era Ministra das Finanças).

Este resultado final apesar de tudo surpreendente deve-se à péssima prestação da nossa economia no último trimestre do ano tendo caído 2,1% em termos homólogos – espreitando os boneco do INE, a olhómetro parece-me o pior trimestre do corrente milénio –  e 2,0% face ao trimestre anterior.

(E sim, estamos em recessão técnica)

1 Comentário

  • José Responder

    TEMOS ESTE EXEMPLO DA CAUSA:
    FOI PROVADO HAVER INDÍCIOS DE VÁRIOS CRIMES… AS ENTIDADES SUPERVISORAS E ÓRGÃOS DE MEIOS DE COMUNICAÇÃO DIVULGARAM AO PÚBLICO, MAS O BCP, MESMO COM A ACTUAL ADMINISTRAÇÃO, CUJO PRESIDENTE É O DR. CARLOS SANTOS FERREIRA, CONTINUA A EXTORQUIR E A SAQUEAR DINHEIROS DAS CONTAS DAS VÍTIMAS (CLIENTES) SILENCIADAS E INDEFESAS, DANDO SEGUIMENTO PARA O BANCO DE PORTUGAL COMO SENDO DÍVIDA DE INCUMPRIMENTO (CRC) DO CLIENTE.
    O BCP encerrou 2008 com um favor especialmente criado pelo Banco de Portugal que lhe salvou as contas dum prejuízo histórico. Um favor concedido, que permite ao BCP disfarçar a realidade, e esconder a face, de forma condicente com o período de Carnaval em que vamos entrar. É que tendo-se atrasado nos últimos anos em cobrir o déficit acentuado do seu Fundo de Pensões, que garante as reformas dos seus trabalhadores, cujo valor atingiu – 777 M€ no final do ano, o Banco de Portugal permitiu que as Instituições Bancárias em Portugal fizessem o reconhecimento do deficit em 4 anos.

    ENQUANTO OS PRINCIPAIS RESPONSÁVEIS CONTINUAM INTOCÁVEIS E AINDA GOZAM…

    bcpcrime.blogspot.com…

Deixar uma resposta