Da dignidade

Repetem-se os elogios à dignidade imanente à suspensão do mandato de Armando Vara. Apoiado! A alternativa perante este tipo de suspeição seria insustentável. Pena que a dignidade seja lenta, demasiado lenta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *