PIB: parece que o zero afinal era negativo

Na 1ª estimativa, o crescimento face ao trimestre anterior era nulo, hoje, com a divulgação da 2ª estimativa, procedeu-se a uma ligeira revisão que abre caminho para manchetes recessivas lá para Fevereiro/Março quando sairem os dados relativos ao próximo trimestre (que termina no fim do corrente mês).

Inevitavelmente, vem à memória a vã glória de quem, contra tudo o que dita a cautela e a substância das coisas, nos quis colocar numa espécie de oasis, acima da tempestade internacional; e isto só porque o PIB afinal não havia decrescido mas “apenas” estagnado. Afinal o zero era negativo e, ainda que nada de substancial tenha mudado (a revisão poderá ter sido de algumas centésimas), quem se pôs a jeito politicamente merece agora o respectivo troco. Ao cuidado do Primeiro Ministro, naturalmente.

A informação detalhada do INE pode ser encontrada no local do costume, mais concretamente aqui.

Tagged under:

1 Comentar...

  • FranciscoResponder

    Como previsto, por mim, há +/- um mês cá estamos “in su siTu:

    “”Anonymous em 15 November, 2008 6:38 pm Irra !
    Então o PIB não desceu ?!
    Mas então…?!
    Ah ! Já sei !
    Correndo BEM o 4º Trim e com a revisãozinha FAVORÁVEL (no mínimo para -o% conforme “previsto” ) lá chegaremos à tão apregoada e desejada RECESSÂO…
    Ficaremos, então, felizes e poderemos voltar a apregoar “o discurso da tanga” !”.

    Hoje há “gente feliz” !?

    E estará feliz o País ?

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.