Os meus depósitos estão garantidos? (act)

A resposta à pergunta reproduzida no título já foi dada há dias no artigo “Se o seu banco falir o que acontece ao seu dinheiro? – Fundo de Garantia de Depósitos“. Hoje é a revista Economist que procura responder à mesma pergunta numa perspectiva mais global. No artigo “Don’t bank on it” abordam superficialmente o que se passa em alguns países, chamando a atenção, nomeadamente: para o reforço significativo e muito recente dos montantes de depósitos garantidos na Irlanda (o seguro por depositante em cada banco passou de 20 000€ para 100 000€) e para a corrida aos bancos em Hong Kong à conta da escassa protecção aí existente (menos de 10 000€).

ADENDA: Na Irlanda voltou a ir-se ainda mais longe, segundo o Folha de São Paulo Online:

O governo irlandês garantirá durante os próximos dois anos todos os depósitos bancários dos seis grandes bancos nacionais para “salvaguardar o sistema financeiro irlandês”, anunciou nesta terça-feira o ministro da Economia do país, Brian Lenihan.

A medida substitui uma outra, tomada há duas semanas, que fixava uma proteção limite de 100 mil euros e que foi anunciada um dia depois de algumas entidades financeiras registrarem perdas sem precedentes no pregão de Dublin.  (…)”

5 comentários sobre “Os meus depósitos estão garantidos? (act)

  1. Bom dia,

    poderia saber onde posso encontrar informação relativa aos fundos garantidos pelos bancos Portugueses em casa de falência?

    Muito obrigado

  2. Deverá encontrar a informação de que necessita nas referências feitas no seguinte post: Se o seu banco falir o que acontece ao seu dinheiro? – Fundo de Garantia de Depósitos

  3. Por cá não era nada mau o governo vir dizer alg sobre o assunto, e já agora fazer (o que nos parece mais difícil de acontecer…), pois o único mau exemplo que deu foi acabar com as virtudes do poupança por via da alteração escabrosa dos certificados de aforro, levando à injecção massiva de liquidez no mercado bancário, sem a este exigir mais garantias e salvaguardas. Está tudo dito!

  4. Uma nota para dizer que o governo, através do primeiro-ministro,hoje, disse algo, mas foi muito pouco, ficando-se por generalidades já que, porventura, pouco mais poderia/saberia dizer!

  5. Nos outros paises garantem até 100.000€ e nós por cá 25.000€ de facto somos mesmos pequenos e enganados, estamos metidos mesmo com intrujas…
    Quanto ao Eng.? Sócrates é claro e evidente na declaração dele ontem que estava a mentir, quando diz que o governo já tinha tomado medidas, quais ? não disse…e para os portugueses não se preocuparem…, até no discurso gaguejou…eh.eh…ser politico e mentiroso é só para alguns. Essa “arte” não é para todos…
    O outro ministro Pinho tem um discurso tão péssimista que até bate os maiores pessimistas e o outro das Finanças diz que a situação é muito preocupante, vê-se a sintonia do governo e quanto estão a trabalhar…

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.