Blogs do Ano - Nomeado Política, Educação e Economia

Actualização das rendas para 2009

[wp_ad_camp_1]

O coeficiente de actualização das rendas para 2009 deverá fixar-se nos 2,8% correspondendo assim à taxa de variação média anual do Índice de Preços no Consumidor apurada pelo INE no mês de Agosto de 2008.

Este número deverá ser oficializado em breve através num aviso que será publicado no Diário da República.

 

 

Assim, se multiplicar o valor actual da renda por 1,028, obterá a nova renda que poderá entrar em vigor a partir de Janeiro do próximo ano, à medida que os contratos de arrendamento habitacionais forem comemorando os respectivos aniversários (e se o inquilino tiver sido avisado do aumento com 30 dias de antecedência).

ADENDA (23 set 2008):

Poderá encontrar aqui o Aviso n.º 23786/2008 que confirma a informação já aqui indicada sobre o coeficiente de actualização dos diversos tipos de arrendamento para vigorar no ano civil de 2009

Tagged under:

73 Comentários

  • ampResponder

    Em muitas empresas, incluindo grandes empresas e empresas do Estado, os trabalhadores não vêem os seus rendimentos aumentados há muitos anos. Apesar disso têm que fazer face aos aumentos de preços dos produtos correntes. Como podem suportar aumentos de rendas? Haja consciência.

  • MSSResponder

    Amp. fala na qualidade de inquilino com toda a certeza, mas não devia esqueçer a outra parte que tambem paga seguros, IMT, e outros , nas casas que teem alugadas e muitos dos casos com rendas MISERÁVEIS, e não culpem a Politica do amigo SOCRATES , se não teem aumentos agora é politica que já vem de trás.. Haja consciência digo eu

  • LisaResponder

    Gostava de saber, se possível, qual é o coeficiente para rendas anteriores a 1970.

  • manuel francisco afonsoResponder

    Gostaria de saber qual o coeficiente para rendas anteriores a 1970.

  • CambalaResponder

    Os coeficientes para as rendas anteriores a 1970 é igual a zero.

    Entre 1970 e 1980 os coeficientes foram zero.

    Depois de 1980, altura em que o Mário Soares alterou a lei os coeficientes passaram a ser iguais á inflação esperada para o ano que entrava, ou seja, durante mais de 40 anos as rendas mantiveram-se sem aumento, o que não aconteceu com os salários que sempre aumentaram, aumentos estes que foram mais significativos depois de 1970. Mas as rendas continuaram congeladas.

    Aqueles que ficam incomodados com os aumentos de miséria devem pensar que se vivem numa casa é graças à Santa casa, imposta pelos governos, que os senhorios são.

    Os políticos são uma vergonha e continuam a massacrar com leis inóculas, aviltantes e vergonhosas que só demonstram o cariz político que partilham, o de serem comunistas encapuzados, expoliando aqueles que investiram e depois foram e continuam a ser expoliados e roubados vergonhosamente.

  • Iniquidade das LeisResponder

    Acabo de fazer a actualização da renda para 2009, de acordo com o coeficiente indicado – 2,8%. O aumento de renda que vou cobrar ao inquilino é de 1 €, por uma moradia de 12 assoalhadas, no centro da cidade. Entretanto, a actualização do IMI entre 2004 e 2008 foi de 1906%. Notável o sentido da equidade, não é?

  • Pingback:Actualização das Rendas para 2008 : Economia & Finanças

  • CavacoResponder

    Iniquidade das Leis,

    Se o aumento apenas foi de €1,00, quer isto dizer que a sua renda é inferior a € 40, ou seja:

    Valor da renda x 2,8%= € 1,00 Valor da renda = €35.

    Não dá para acreditar, uma vivenda com 12 assoalhadas e por € 35,00.

    Talvez se esta vivenda fosse de um ministro ou do secretario de da habitação, a lei fosse rápidamente alterada.
    Como a maioria dos políticos não têm nada e são de origens humildes, não sabem dar valor ao património, podera pouco têm, até entrarem na política, a partir daí enchem-se e não é pouco, mas não investem em casas para arrendar.

    UMA VERGONHA, DIGNO DE SER UMA NOTÍCIA DA SIC.

    Escreva para lá, talvez seja notícia.

  • CavacoResponder

    O que diz agora o comentador amp em relação ao aumento de 2,9% que o governo vai dar no próximo ano. É superior ao aumento de 2,8% que os senhorios vão ter.

    Não se esqueçam, talvez por ignorância, que os aumentos anuais das rendas têm por base a inflação médio nos dois meses anteriores até Agosto. Por isso o que os senhorios recebem não é um aumento de renda mas uma correcção da renda de forma a mesma não ficar, como ficaram as antigas, depreciadas em relação ao valor da moeda.

    Se os inquilinos não podem pagar as rendas, quem tem que subsidiar os aumentos, também com os impostos dos senhorios, é o estado.

    Pergunto. Quem compra casa e vê as suas prestações aumentar queixam-se a quem.
    Quem não tem dinheiro não tem vícios.
    Os Portugueses têm de deixar de se armar em ricos, Vivem acima das possibilidades e depois queixam-se que não podem pagar.

  • Private PResponder

    Tenho vários imóveis alugados com rendas miseráveis. O IMI foi actualizado agora: subiu em alguns casos mais de 500%.
    E as taxas de esgotos? uma autêntica vergonha.
    Fazer obras nem pensar! é melhor deixar ruir.
    Na verdade os senhorios é que estão a sustentar a economia.
    Os inquilinos aínda se queixam??? têm bom remédio: porta da rua é a serventia da casa.

  • CavacoResponder

    Vem agora o governo, mais uma vez com o chicote, penalizar mais uma vez os proprietários que têm prédios em ruína, obrigando-os a pagar em triplo o IMI.
    Srs. Governantes. Tenham vergonha e decência. Quem é que congelou as rendas durantes décadas e continua a congelá-las?. Se as obras não foram feitas e os prédios chegaram à ruína, o único responsável tem nome. OS POLÍTICOS E GOVERNANTES.
    ANTES DE AGIR DEVIAM PENSAR E SER JUSTOS. JUSTIÇA FOI COISA QUE NUNCA HOUVE COM OS SENHORIOS, AS MEDIDAS DOS GOVERNOS CONTRARIAM A CONSTITUIÇÃO DA RÉPUBLICA. OS SENHORIOS NÃO SÃO TRATADOS DE FORMA IGUAL AOS RESTANTES CIDADÃOS.

  • anti-socratesResponder

    Alguém me pode confirmar se não vai haver aumento para as rendas anteriores a 1970 ??

  • CavacoResponder

    A portaria sai até ao final deste mês de Outubro, e o coeficiente será igual a 1,5 x o coeficiente de 2,8, ou seja, o coeficiente será igual a 1,042.

  • Manuela alvesResponder

    bom dia

    gostaria de saber se os senhorios depois do primeiro ano de aluguer podem aumentar a renda em qualquer mes, ou so pode ser actualizada no mes em que foi feito o contrato?

    obrigada
    Manuela A.

  • CambalaResponder

    O que a lei define é que a renda só pode ser actualizada uma vez por ano. Se a actualização for feita 13, 14,15, … meses desde a última actualização não há qualquer problema. Não o pode é fazer, por exemplo, ao 11.º mês.

    Por exemplo: o contrato foi celebrado em Fev.2008. A primeira actualização só pode ser pedida, com 30 dias de antecedência para Fev.2009 (um ano depois). Mas se pedir a actualização para Maio.2009, com um mínimo de trinta dias de antecedência ( tem que enviar a carta RAR até final Março.2009) não há problema.
    Se o inquilino não receber a carta ou se recusá-la, nos termos da lei considera-se que a actualização foi feita, não sendo necessário novo envio da carta. Os coeficientes podem ser consultados no portal da habitação, cujo endereço se encontra acima.

  • A. N. M.Responder

    Os inquilinos que estão descontentes, se sentem lesados e pensam que estão a encher os bolsos aos senhorios, têm bom remédio: Comprem casa (há por aí muitos andares á venda)e depois logo vêem como elas lhe mordem! É a prestação do banco (com a qual ninguém refila)e depois veem os roubos escandalosos praticados pelo Fisco e Autarquia (entenda-se impostos e taxas),os quais deviam ser em conformidae com a renda recebida e não por Decreto generalista!

  • arnaldo trupeResponder

    tenho seis casa alugadas na zona de gomes freire com contratos de 1966 a 1976 e com rendas de 10 € a 40€ cada um , é bom não é verdade….. muito bom……..

  • Manuel GoncResponder

    É uma vergonha. Como é que é possível estes incompetentes de governantes manterem estas situações.

    Falando depressa e bem. Esta cambada de políticos não devem ter casas arrendadas porque se tivessem já tinham mudado a lei. É que neste país as leis são feitas à medida dos interesses dos políticas, veja-se os escritórios, onde muitos políticos advogados ( a maior parte deles são políticos) têm rendas absolutamente inconcebíveis.

    Estes políticos não são melhor que o Salazar. Têm mentalidade atrasada.

  • OCTÁVIO SEQUEIRAResponder

    Então, as rendas de 1970 deixaram de poder ser aumentadas, 1,5 sobre o coeficiente publicado no Diário da República ? Por exemplo para 2009, seriam 2,8%x1,5= 4,2%. Possivelmente como para o ano há eleições, uma vez mais, os senhorios com rendas baixas é que pagam a crise…
    3 boas assoalhadas em Vila Franca por 48 Euros, é uma mina… Quando é que há alguém com os frutos no sítio que dê a volta às rendas antigas?
    A Lei actual foi um fracasso. Actualizar primeiro a matriz e depois sujeitar-se ao aumento, que até pode não existir ? Toma…!diria o Zé Povinho !

  • BoomResponder

    Talvez umas bombas nos prédios e vender os terrenos.
    Não vejo outra solução, porque com estes governantes não vamos lá.

    Actualmente mata-se, rouba-se e não se vai para a cadeia.
    Mais umas bombas não vai fazer diferença alguma.
    Estamos num país porreiro. Tudo é permitido, nada se resolve, tudo se arrasta, tudo continua.
    Lema. Não levantar muita onda. Nós políticos temos que ir boiando, como a merda.

  • FGResponder

    Vi aqui comentários que me deixam particularmente arrepiada. Nomeadamento o do Sr. Amp que aparentemente considera os senhorios como uma extensão da segurança social. É um facto que há trabalhadores que não são aumentados mas o trabalhador, caso se sinta lesado, pode sempre procurar um novo emprego. O senhorio, que não pode aumentar as rendas (coisas vergonhosas como 50 euros por mês por um T3…) nem sequer pode terminar o contrato. Conheço arrendatários com 3 carros e senhorios que apanham o autocarro…não defendo o inverso. Defendo a equidade. (e também sou economista e percebo que a crise do crédito se deve em grande parte ao deficiente mercado de arrendamento provocado pelos congelamentos das rendas).

  • Jorge Manuel PereiraResponder

    Antigamente só haviam os xulos das gajas.
    Hoje já existem os xulos dos senhorios, que são aqueles que vivem em casas arrendadas e não pagam as rendas!
    Eu tenho dois,e se quiser resolver o assunto, ainda tenho que gastar dinheiro com advogados.
    O governo defende os bancos em crise, e os senhorios quem os defende?
    Temos que pensar na revolução dos senhorios.

  • Manuel AbrantesResponder

    Só um doido é que aluga casas em Portugal.
    É o pior investimento que se pode fazer, e desengane-se quem pensa o contrário, porque irá ter uma grande desilusão e dores de cabeça intermináveis.

    Se tiver que ir para tribunal por falta de pagamento de rendas, o mais certo é esperar aí uns dois anos e no fim nada vai receber, tendo como certo que apenas vai gastar dinheiro com advogados e tribunais. Mas o mais caricato é que será o senhorio a pagar a totalidade das custas do processo se o inquilino as não pagar.
    ESTAMOS NO PORTUGAL PORREIO, ONDE APENAS SOBREVIVEM OS PODEROSOS E MUITO RICOS E APENAS SÃO PROTEGIDOS OS AMIGUINHOS DOS GOVERNANTES. É QUE QUANDO ESTES POÇÍTICOS FOREM CORRIDOS TÊM QUE TER UM TACHO EM UMA QUALQUER INSTITUIÇÃO (BANCOS, EMPRESAS PÚBLICAS, ETC.) VEJA-SE OS MUITOS EXEMPLOS: JORGE COELHO (MOTA-ENGIL), FERREIRA DO AMARAL (LUSOPONTE), MIRA AMARAL ( CGD, BRISA, ETC., JÁ PERDI A CONTA POR ONDE ANDOU). TODOS ELES E TODOS OS OUTROS ESTÃO BEM E A GANHAR SALÁRIOS MENSAIS QUE MUITOS PORTUGUESES NÃO GANHAM EM MAIS DE DEZ ANOS DE VIDA SACRIFICADA.

    ESTÚPIDOS SÃO OS PORTUGUESES QUE OS LÁ COLCOAM. Á MINHA CONTA NÃO ESTÃO LÁ.

  • EUGENIA MARÇALOResponder

    TENHO CASA ARRENDADA DESDE 1970.
    VIVE A VIUVA COM 66 ANOS E O FILHO QUE CASOU E FICOU LÁ A VIVER. TENHO UM NETO QUE VAI CASAR E PRECISA DE CASA.
    QUE DEVO FAZER PARA QUE ME DEÊM A CASA?
    AGRADEÇO RESPOSTA OBRIGADA

  • ConsultórioResponder

    Resposta a EUGENIA MARÇALO

    Infelizmente em Portugal os senhorios quando alugam as casas é o mesmo que dá-las, em especial para os contratos anteriores a 1975.

    Infelizmente o seu filho ou vai ter que alugar ou comprar uma casa.

    A actual lei ( Lei n.º 6/2006) não permite que se denuncie o arrendamento quando o inquilino tem mais de 65 anos. Mas mesmo que pudesse, tinha que indemnizar o inquilino e pagar-lhe no mínimo uma ano de renda.
    Só quando a inquilino morrer é que pode vir a recuperar a casa, e isto se a lei não voltar a mudar. A actual lei não dá direito aos filhos dos arrendatários na transmissão do arrendamento, a não ser que sejam deficientes ou menores.

    O melhor é ler a lei que se ecnontra no seguinte site:
    http://www.portaldahabitacao.pt/pt/portal/habitacao/arrendamentos/legislacaonrau.html

    Por isso é que pouca gente corre o risco de alugar casas.

    Em Portugal infelizmente pouca coisa funciona bem. As coisa apenas funcionam bem para alguns, os políticos e parasitas do estado.

  • Luis MartinsResponder

    Boa tarde,

    Tenho uma pequena casa que se encontra arrendada desde 1970. A renda actual é de 12€!!!

    Gostaria de saber qual o aumento da renda segundo o coeficiente normal ou extraordinário?

    Segundo a informação acima indicada seria 1.5 x 1.028 mas isso implica um aumento de renda para 18,504€.

    Os aumentos que tenho feito nos últimos anos foram de pouco mais de 50 cêntimos por ano e por isso tenho estas duvidas.

    Obrigado a todos pelas informações.

  • Luis MartinsResponder

    Gostaria de corrigir a data do contrato pois é de 1972 e não 1970.

  • AlexandreResponder

    Gostava que alguém me pudesse ajudar:
    Os meus pais têm 3 moradias alugadas no distrito de Lisboa. Duas delas estão actualmente com a renda de 9.60€ e uma de 6,10€, as três rendas são anteriores a 1967. Em 2006 e 2007, os meus pais, consultaram uma advogada que simplesmente aplicou o coeficiente de 1.021 para 2006 e de 1.031 para 2007. Para o ano de 2008 a actualização da renda não foi efectuada. Pelo que já aqui li, percebo que o procedimento desta advogada não foi o correcto, é que nem os arredondamentos efectuou. Pretendo saber que procedimentos devo tomar para proceder à devida actualização das rendas para 2009 e se é possível, também, aplicar o coeficiente para 2008 e 2009 já que em 2008 as rendas não foram alteradas. Muito obrigada desde já.

  • ConsultórioResponder

    Resposta a Luís Martins,

    Nos termos da lei as rendas anteriores a 1975 podem ser actualizadas com o factor extraordinário, sendo o valor da renda arredondado, sempre, para a unidade de euro acima,ou seja, para 2009:

    Renda antiga x 1,042 = 12,00 x 1,042 = € 12,504

    Renda nova a pedir = € 13,00

  • ConsultórioResponder

    Resposta a Alexandre,

    Nos termos da lei é possível aplicar os coeficientes de dois anos anteriores, caso não tenham sido feitas as actualizações, mas não se pode recuperar o valor das actualizações não feitas.

    Assim para a actualizar as rendas pode pedir:

    renda de € 9,60:

    Renda antiga x coefi. 2008 x coefic 2009, temo então:

    Renda de 9,60:

    9,60 x 1,0375 = € 9,96 = € 10 (arredondamento para a unidade de euro acima, nos termos da lei)

    10 x 1,042= 10,42 = 11 com arredondamento
    Renda a pedir para 2009= € 11.

    Renda de 6,10: aplicar o mesmo princípio

  • ConsultórioResponder

    Para qualquer dúvida/questão sobre arrendamento colocar os assuntos para o email

    consultorio.arrendamento@gmail.com

    Por apenas um preço simbólico de € 1,50 (para consulta da legislação e jurisprudência) pode ter resposta às suas dúvidas ou questões.

    Sempre sai mais barato do que ir a um advogado que lhe cobra no mínimo € 70,00 por uma consulta + € 100,00 para o envio de uma carta ao inqulino.

  • Antonio Maria GomesResponder

    É um escândalo, a lei de arrendamento pagamos tudo que querem para impostos e somos obrigados a
    conservar os edificios,mas os aumentos só resultam se a construção fôr recente e estiver no preço justo o arrendamento, nos antigos se tiver
    que mandar arranjar o telhado fico o inquilino de borla vários anos ou ainda indiminizá-logerir o país assim é fácil, mal dos proprit´´arios êles é que têm de dar o pouco que já resta das poupanças.

  • Hermínio SilvaResponder

    Se um investidor abrir uma empresa, e ela não for rentável, pode fechá-la e acabaram-se os problemas.
    Um investidor que compre um prédio, é obrigado a aguentar o fardo de suportar um inquilino eternamente. Isso aconteceu com aqueles que`há muitos anos investiram o fruto de uam vida na compra de um prédio e arrendaram-no. Mal sabiam que tinham que ser a Sanat Casa e ageuntar eternamente as casas arrendadas nas mãos de uma famílía ( casa passa de pai para filho de filho para neto) com rendas miseráveis.

    Qual é o político que tem a decência de acabar definitivamente com as rendas miseráveis que existem. Mesmo casas em mau estado deviam sofrer aumento de rendas consideráveis, porque durante anos, quando as casas estavam em bom estado, as rendas não aumentaram. TRATA-SE DE JUSTIÇA. MAS INFELIZMENTE EM PORTUGAL OS POLÍTICOS NÃO FAZEM JUSTIÇA COM OS SENHORIOS, ANTES PELO CONTRÁRIO UTILIZAM O CHICOTE E A OPRESSÃO.

  • Sem abrigoResponder

    Eu tenho umas 2 montes de pedra com telhas a cobrir, em que os habitantes são da idade da casa(pelo que me contaram), pois é do tempo do meu bisa-avo, mas como naquele tempo nao era obrigatorio contrato(pelo que me disseram), o contrato mesmo é de 1980(nice).
    As rendas tem subido muito(6€/mes em 2008) e tem uma horta(campo pequeno) cada um. Faz parte do gozo rirem-se do ”senhorio”. E os pobres velhinhos cada qual com sua reforma e com o filho a ganhar, ainda me roubam a fruta e sei lá mais o quê. Um dia mandei um susto a velha quando ela estava em flagrante, tive a impressão que a vi correr!

    Uma bomba mandar tudo abaixo, não chega já estar a aproveitar-se de mim, atravéz dos fracassos da lei( pois eles tem 2 casas e melhores do que a que estão!) e ainda me roubam a fruta.

    Isto está para os ladroes…

    uma pergunta, [cote]10 x 1,042= 10,42 = 11 com arredondamento[/cote] ; este arredondamento faz parte da lei e é aplicavel a todo o tipo de arrendamento? Tipo o aumento minimo por ano passa a ser de 1€?

    obrigado

  • Amilcar CabralResponder

    Portugal só está em primeiro lugar no que é pior dos piores, em relação à Europa.
    Para não variar o tratamento que os governantes dão aos senhorios não podia ficar atrás. As leis do arrendamento idem, idem.

    SOMOS UM PAÍS ATRASADO E IREMOS CONTINUAR ETERNAMENTE ATRASADOS. É O NOSSO DESTINO À SÉCULOS, E POR SÉCULOS VAI CONTINUAR.

    FAZER CARIDADE E À CONTA DOS BENS DOS OUTROS É MUITO BOM E TODA A GENTE O FAZ. OS POLÍTICOS TÊM-NO FEITO À DÉCADAS COM OS BENS DOS SENHORIOS.

    UMA VERGONHA, SEM PALAVRAS PARA ADJECTIVAR.

    PARA QUANDO UMA MEDIDA DE INJCETAR MILHÕES, COMO O GOVERNO FEZ COM OS BANCOS, INDÚSTRIA AUTOMÓVEL, ETC., PARA AJUDAR OS SEHORIOS DESCAPITALIZADOS. DOS 900 MILHÕES PARA A INDÚSTRIA AUTOMÓVEL, PORQUE QUE É QUE O GOVERNO NÃO OS DÁ AOS SENHORIOS A FUNDO PERDIDO PARA RECUPERAREM O PATRIMÓNIO, QUE OS GOVERNANTES AJUDARAM A DEGRADAR-SE.

    MEUS AMIGOS ESTE TIPO DE ATITUDE É UMA MIRAGEM. É QUE OS SENHORIOS POUCOS VOTOS DÃO, E TAMBÉM NÃO ARRANJAM BRUTOS TAXOS A PAGAR MILHARES DE CONTOS DE ORDENADO AOS GOVERNANTES DEPOIS DELES SAIREM DA POLÍTICA.

  • matildeResponder

    Não estou muito de acordo que o arredondamento seja para o euro,porque terminando ex 20.37 euro terá que ser 21 euro e porque não 20.50 euro,os senhorios não podem perder 37 centimos e o inclino pode perder 63centimos sem mais comentários terá que ser…..

  • JOResponder

    Certamente Matilde é uma inquilina.
    Não lhe chega pagar uma renda miserável de € 20. Ainda se preocupa com uns miseros cêntimos.
    É mentalidade tipica do inquilino português. Chular o senhorio até ao limite. Não bastam décadas de rendas congeladas?.

    Se está tão indignada com o aumento porque nãoe entrega a casa?!. Pois, pudera com uma renda destas quem é que entrega uma casa. O valor da sua renda dá para pagar um alomço de 2 a 3 pessoas.

    Pense bem. Possívelmente deve pagar mais de TVCabo do que paga de renda.

    TENHA VERGONHA.

  • arnaldo trupeResponder

    hó matilde, como estás diferente, tu não eras assim, aumento de renda 1 € por ano isso não é nada, daqui a 20 anos estas a pagar 20€ se entretanto a casa não cair. . . .

  • friasResponder

    será que os nossos governantes tem conhecimento do valor destas rendas mensais. a renda mensal mesmo que seja de um curral igual ao valor de 4 cafés, estão a brincar aos proprietarios e ladroes.

  • arnaldo trupeResponder

    hó frias, atiras-te uma pedrada no charco. um curral pelo valor de 4 cafés, mas há quem pague menos por mes de 20 € portanto neste momento ´e necessário nivelar por baixo.
    para ver se os ratos deixam de habitar nos currais.
    O que será nivelar por baixo ?
    Uma renda de 1977 de 1000$00 = 5 € hoje deve ter um valor igual 57€ = 11 427$00
    é preciso dar conhecimento disto aos desgorvenantes., desculpem se me enganei . . . .

  • arnaldo trupeResponder

    fui espreitar na associação inclinos lisbonenses
    e eles dizem que para as rendas com contrato antes de 1967 o aumento para Lisboa e Porto è no valor de 1,042. Será isso verdde ????????

  • artur sousa silvaResponder

    O que eu penso deste vergohnoso assunto é o seguinte criar rápidamente uma associação desenhorios forte e com vontade de resolver para que cada um seja dono do que é seu porque a verdade e a justiça feitas com razão terão forçosamente queser compreendidas não é engolir este sapo para toda a vida e sem voz áctiva é revoltante o inquilino rescinde o contrato quando quer e muito bem o dono é um banana que tem de suportar tudo se não vai a bem vai a mal

  • arnaldo trupeResponder

    caro artur silva sou da sua opinião vamos a isto e tem de ser os e Lisboa o cabecilhas eu sou a 250 Kms , mas também poss ajudar. . . . . . coma ALP não vamos lá

  • armisticiaResponder

    Resposta a alexandre de 3/12/2008
    não são dois anos mas sim 3 anos e já ouvi falar em 4 anos, coloque 4 que depois se não for ele reclama. não se esqueca de nos arredondamentos para unidade de euros sempre para cima em todos os anos

  • armisticiaResponder

    a m p de 17/12/2008
    à dois tipos de rendas e de contratos. os antigos e os modernos, nos moodernos não se pode aumentar as rendas de uma forma geral. e nos antigos é uma vergonha Nacional é uma maior vergonha que a descolonização exemplar. . . . . . . . . . . .

  • Pouca sorteResponder

    Dª m s s Diz que o amigo socrates utizando a sua expressão, não tem culpa mas já teve tempo para começar a resolver o assunto . Qual q renda minima nas casas do estado, diga lá quanto é ? e como aumentaram ??? se não sabe pergunte . Olhe dona mss o renda nos bairroas do estado são 30 euros e tenho rendas a 10 euros por mes .

  • Pouca sorteResponder

    resposta a m.s.s. de 24/09/2008
    Começando com as suas palavras de defesa ao seu amigo socrates, devo tentar abrir os olhos a quem não quer ver que o José já teve tempo de fazer alguma coisa, porque nos bairros do estado isto tem acontecido o aumento das rendas.
    Estácerto minha senhora então mande um postal de boas festas ao seu amigo socrates e fale nisto nas rendas, que até vergonhoso tratar este assunto por rendas.-

  • cesarResponder

    um exemplo: tenho uma casa arrendada que me dava jeito la morar (infelizmente herança de família) em que recebo 18 euros por mês, por um t3 em muito boas condições. e pago 275euros por um T1

  • JOResponder

    Caro Cesar,

    Estamos em Portugal. É assim que o governo trata os proprietários de casas arrendadas. Se quiser utilizar a casa que tem arrendada ou tem que mover uma acção de despejo ao inquilino, e não há garantias que ganha ou então tem que alugar ou comprar uma.
    Estas rendas miseráveis já existem à pelos menos 40 anos, e nenhum governo tem coragem de lhes mexer. Vai possivelmente que aguardar que o inquilino morra para recuperar a casa.

    EM PORTUGAL É ASSIM. VALE A PENA FAZER CARIDADE E SEGURANÇA SOCIAL COM OS BENS DOS OUTROS. É O QUE OS GOVERNOS DE PORTUGAL FAZEM Á DÉCADAS.

  • arnaldo trupeResponder

    Caro cesar comentario de 7/1/2009
    Os empreiteiros de uma forma geral são sempre bons amigos dos governadores. P.M. , partidos, deputados etc., mas os governadores não retribuem a amizade porque não aumentam as rendas e os inclinos nãoo precisam de comprar casa porque estão de graça nas casas dos senhorios. Estou certo ou errado. . . . . . . .
    tenho dito

  • JOResponder

    Arnaldo Trupe está muitíssimo certo. Os governos/governantes só sabem receber e ver o seu umbigo. São a pior máfia e gente deste país. SÃO A VERGONHA DAS VERGONHAS. HÁ MUITO DEIXEI DE ACREDITAR NOS POLÍTICOS. SÃO UMA CAMBADA DE MENTIROSOS E VIGARISTAS.

  • VICTORResponder

    COM O RUMO DESTE PAÍS, QUALQUER DIA TEMOS A 3.ª REPÚBLICA. JUGO QUE ESTÁ NA HORA. COM ESTE POLÍTICOS E PARTIDOS NÃO VAMOS A LADO ALGUM. CADA VEZ SEREMOS OS MAIS ATRASADOS DA EUROPA. PAÍSES DO LESTE QUE HÁ CERCA DE 5 ANOS ESTAVAM MAIS ATRASADOS QUE NÓS, JÁ NOS ULTRAPASSARAM NOS INDÍCES ECONÓMINOS E DE DESENVOLVIMENTO. PORQUE SERÁ?. PASSAM-SE DÉCADAS ATRÁS DE DÉCADAS E TUDO CONTINUA NA MESMA. PORQUÊ?. EU SEI A RESPOSTA. OS INCOMPETENTES DOS NOSSOS GOVERNANTES, DEPUTADOS E POLÍTICOS.

  • arnaldo trupeResponder

    ao senhor administrador do blog, queira adicionar o coeficiente de actualização de rendas só para lisboa e porto e para o ano de 2009 o coeficiente é de 1,042 e não esquecer do arredondamento.

  • arnaldo trupeResponder

    Exmº. Senhor Administrador do forun das rendas queira acrescentar que as rendas dos contratos antes de 1966 para as localidades de Lisboa e Porto serão aumentadas com mais 50% a isto chama-se aumento extraordinário das rendas para o ano civil de 2009 é de 1,042, portanto è multiplicar a actual renda por 1,042

  • arnaldo trupeResponder

    Manuel francisco afonso para conseguir os coeficientes de actualização das rendas antes de 2007, queira ir ao portal da habitação procurar ” coeficientes de actualizaçºao das rendas ” ou vá ao google e pesquise em COEFICIENTE DA ACTUALIZAÇÃO DE RENDAS

  • arnaldo trupeResponder

    ó matilde , com tantas casas por aí à venda novas e usadas , ainda estás aturar os caprichos dos senhorios ???? pedes um emprestimo e compra uma casa . . . . . . . .

  • LixadoResponder

    Amigos, haja reflexao nos comentários, nao esqueçamos que os arrendatários ranhosos tambem têm acesso a esta informaçao. Vejo comentários que me assustam, mais parecem enciclopedias do faça você mesmo, ou como lixar o senhorio em duas penaxadas. Bem haja bons arrendatários, é que tenho um que ainda não fez um ano é já lá vao cinco meses em branco, assim como os meus cabelos, já tou a pensar em arrendar o de cima a ciganos dos bons lol, quais advogados e tribunais. O amigo mais acima que tem um terreno junto à casa que plante junto à casa daquelas arvores baixinhas e cheirosas que o arrendatário agredece e o psicologo dele tambem lol.

  • Manuel LucenaResponder

    Face à actual Lei do Arrendamento Urbano, pode o proprietário obrigar o inquilino a pagar condomínio?

  • TatianaResponder

    Desculpem mas será que algém sabe ao certo quanto é que a renda aumentou ao certo? Deveremos aumentar quanto à quantia que pagamos?

  • RuiMCBResponder

    Tatiana,
    A renda deve aumentar 2,8 euros por cada 100 euros de renda.
    Renda nova = Renda antiga vezes 1,028.

  • AnaResponder

    Agradeco a alguem responda.

    Tenho uma propriedade com uma area de + – 100m2 , onde vivem os meus tios (com mais de 70 anos) desde pelo menos 1963. Desde essa altura pagavam 50 escudos mensais e lhes era dado pelo meu pai na altura, recibos. Em 1982 eu, pela idade deles decidi nao continuar a aceitar os 50 escudos mensais e assim ficou ate o ano passado. Como estou ausente do pais, fui informada que tinham saido da casa para a casa do filho mas tudo o que e deles la ficou.

    A pergunta e: posso simplesmente pedir para retirar o que e deles tambem para a casa do filho ou derivado a idade e saude deles fazer-lo eu?
    O meu receio e que, coloquem netos e bisnetos la e depois retirar esses?

    Ana

  • Cristina CarvalhoResponder

    Agradeço a quem me responder.
    A minha mãe murou durante 2 anos numa casa com contrato e passado esse tempo mudou-se para outra do mesmo senhorio, a renda aumentou e o número da porta passou a ser outro. O senhorio disse que podia ficar com o mesmo contrato, o meu pai nunca se interessou mto. No ano passado o meu pai faleceu e agora a minha mãe ficou a pagar a mesma renda de 200€ mas recebe mto menos da segurança social por pensão de viuvez, são cerca de 150€ e com este valor tão baixo não faz IRS.
    Quem lhe paga a renda é o meu irmão que também lá vive. Fomos ás finanças e dizem-nos que o contrato que temos não é valido porque o número de porta agora é diferente e o valor de renda é maior.
    No mês passado a minha mãe falou com o senhorio para passar um contrato no nome do meu irmão visto que é ele que está a pagar a renda e daí pode meter os recibos no IRS.
    O senhorio disse que se a minha mãe quiser que ele faça um contrato só o passa em nome dela, no nome do meu irmão não o faz.
    Agora eu gostaria de saber se me conseguem dizer uma maneira de sendo o contrato passado no nome da minha mãe, como é que o meu irmão pode meter os recibos no IRS?
    Disseram-me que se o contrato for feito e ele constar como fiador pode ser que dê mas não me deram a certeza.
    Também não sei se agora as finanças exigem fiadores para celebrar os contratos porque se preposermos ao senhorio fazer o contrato com fiadores ele pode não querer.
    Já me fui tentar informar ás finanças mas dizem-me que não têm nada haver com o assunto, nós é que nos temos de resolver com o senhorio.
    Os senhorios não são obrigados a passar um contrato aos inclinos mal estes últimos se mudem para lá? Existe alguma punição se os senhorios não o fizerem a tempo e horas? Visto que a minha mãe mora naquela casa prai a 6 anos.

  • jose lopesResponder

    comprei casa com loja por baixo, tudo um so artigo a loja jà estava alugada sem contrato
    desde 2004, ano que comprei, so aumentei uma vez em 2006, que aumento tenho agora direito a fazer?
    No caso de querer tomar conta da loja que devo fazer?
    obrigado jose
    jose.lopesalves@wanadoo.fr

  • JA FOI INQUELINO E AGORA SENHORIOResponder

    VISTO BEM AS DUAS PARTES, QUEM PAGA RENDA QUER POR POUCO, E QUEM A RECEBE QUER POR MUITO O PIOR É QUE TANTO O SENHORIO COMO O INQUELINO NÃO FAZEM CONTRATOS COMO DEVE SER. VISTO QUE UM NAO QUERE FAZER OBRAS E O OUTRO NAO SE ENCOMODA SE A CASA ESTA A CAIR.SE OLHAR-MOS PARA OS CONTRATOS QUE SÃO BEM FEITOS JA NÃO HAVIA TANTA TRAPALHADA NEM COLOCAVA-SE A QUESTÃO DOS AUMENTOS DAS RENDAS,PORQUE SE FIZER OBRAS AUMENTA O IMI MAS SE FIZER CALCULOS E ALUGAR PELO VALOR QUE A CASA PAGA AO ESTADO MAIS AS OBRAS,DE REMODELAÇÃO ISTO ÁTE VAI LÁ.(EXEMPLO OBRAS MAIS IMI AO ANO,4 MIL EUROS NO PRIMEIRO ANO,DURANTE 5 ANOS NÃO FAZ OBRAS, PARA ALUGAR POR 140 EURO NO FINAL DE 5 ANOS 8.400 EUROS MENOS O INVESTIMENTO AGORA QUEM QUER CULPAR O ESTADO)OBRIGADA A TODOS OS QUE PASSA BOAS INFORMACOES SOBRE A LEI E CALCULOS. HÁ MAS CADA CASA, É UM CASO VISTO CASO A CASO

  • MANUEL SANTOSResponder

    ESTE ÚLTIMO POST FOI ESCRITO POR UM ESTRAGEIRO?. SE FOI POR UM PORTUGUÊS É UM/A COMPLETO/A ANALFABETO/A.

  • João AmbrozioResponder

    Acho muito bem , os senhorios queriam enriquecer à conta do otcário dos inquilinos.

  • João AmbrozioResponder

    Os senhorios assim não vão enriquecer de serteza.

  • Pingback:Actualização das Rendas para 2010 | Economia & Finanças

  • jorge gutierresResponder

    se ja pagamos um mes de cauçao,qual foi o meu espanto ao saber que querendo sair me estao a pedir 4 mezes de renda, se eles querem guerra vao ter ,primeiro estou a pedir o rendimento minimo ja tenho o papel de isento para nao pagar nada com a saude como consegui e facil vamos a um centro de toxico dependencia digam que teem problemas com drogas a partir dai e uma escalada ao que temos direito,desde dinheiro a um cabaz semanal da mesidericordia a sude de borla o que precisamos vamos ter com a assistente social e ate obras em casa pagam compram electodomesticos roupa problemas com a justiça nao se paga a advogados nem pagamos multas etc.conclusao deixei de trabalhar a minha mulher fez o mesmo, despesas com os filhos desde material escolar dentista etc tem tudo ,ainda tanto eu como a minha mulher trabalhamos sem fazer descontos olhem numca vivi tao bem apredam a lubridiar a lei pois e o que esta a dar.

  • Pingback:Confirmação do coeficiente de Actualização das Rendas em 2008 | Economia e Finanças

  • Francisco ColemanResponder

    Emigrantes BOICOTEM REMESSAS ATË QUE O ESTADO PORTUGUÊS NOS DEVOLVA AS PROPRIEDADES.

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.