Trichet avisa que a subida dos juros é para manter (provavelmente)

"(…) Ao contrário das expectativas dos mercados, e da maior parte dos analistas, Jean-Claude Trichet prefere continuar a injectar liquidez nos mercados, em vez de optar por uma pausa na subida da taxa directora, hoje nos 4% – a subida esperada é de 25 pontos base, para os 4,25%. (…)"

in Diário Económico.

Será que o BCE acha que o problema financeiro não irá transbordar para a economia real e portanto temos business as usual com as famigeradas tensões inflacionista a centrar as atenções?

Será que quer com esta ameaça dar o sinal de que situação mais grave já passou e por isso não há motivos para mudar o que estava previsto, tentando assim incutir confiança entre os investidores?

Ou será que, como se afirma adiante na notícia de Diário Económico, se está "simplesmente" a testar o mercado a ver como reage?

Seja como for a reacção aparentemente foi serena, os mercados accionista preparam-se para o segundo dia consecutivo de recuperação generalizada a avaliar pela evolução dos principais índices até às 10h50m.  

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.