Finanças iniciam pagamento do reembolso do IRS 2006 (actualizado a 29 de Junho)

Atendendo à popularidade do artigo aqui publicado relativo aos reembolsos do IRS de 2006, permitam-me umas linhas.

Se ainda não é (?) uma verdade comprovada pelos serviços do Economia & Finanças, há um bom indício que aponta para que o título deste artigo seja verídico a muito curto prazo.

Chegou-nos a informação de que durante a presente semana as Finanças emitiram um número significativo de notas de liquidação. Nos próximos dias será visível o início do pagamento dos reembolsos do IRS relativos a 2006, particularmente entre aqueles contribuintes que indicaram o Número de Identificação Bancária às Finanças.

Mais uns trocos para compôr o orçamento ou, quem sabe, neste período de febre bolsista, para investir na OPS da Martifer ou no IPO da REN.

ADENDA (27 de Junho): Ainda que muitos contribuintes encontrem a informação LIQUIDADO quando efectuam a  consulta da sua situação junto ao portal das Finanças o facto é que segundo as últimas notícias apenas no final da corrente semana o dinheiro começará a sair da Tesouraria Publica e a entrar na conta dos contribuintes que têm a haver reembolsos.

29 de Junho: Pois que por estes dias está confirmado. Começando por quem tem menos a receber (ou pelo menos assim parece) os reembolsos já estão a ser feitos. 

Fóruns do Economia e Finanças, lançados a 15 de Setembro de 2007, não deixe de participar, colocar as suas perguntas ou testemunhar a sua experiência. Escolha o fórum adequado e participe!
Obrigado. 

1.086 comentários sobre “Finanças iniciam pagamento do reembolso do IRS 2006 (actualizado a 29 de Junho)

  1. Boa tarde, gostaria de uma vossa posição informativa, a respeito de duas reclamações que apresentei, 1 na repartição de finanças de Paredes, e outra no 2.º Bairro no Porto. a 1.ª, em 30/08/07, e a 2.ª em 07/12/07, ambas relativas a um prédio : Artºs U-01418 e U-02618, até este momento: NADA, entendo que foram erros de funcionários dessas repartições de FINANÇAS.
    O que devo fazer, para que essas pessoas assumam os seus erros, e seja feita verdade, sobre este assunto?
    Que as Finanças, paguem o que me devem?
    (ou antes, o que me roubaram?) Se as reclamações, não pruduzem efeito, no apuramento da verdade, de quem será a culpa SR. Mint.?

  2. Para quando está previsto o meu pagamento de IRS?

  3. Eu quero pagar os milhares de euros de IRS. Quando é que isso é possível?

  4. Ninguém saberá responder a esta pergunta? Tanta gente a querer reaver o que é seu e eu com a boa vontade de antecipar as minhas obrigações.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.