Blogs do Ano - Nomeado Política, Educação e Economia

Menos razões para subir o preço do dinheiro

Evolução DinheiroHá menos razões para subir o preço do dinheiro. O Eurostat divulgou hoje os dados para a evolução dos preços actualizados com informação recolhida em Outubro. Atentando na Zona Euro apurou-se que a variação homóloga voltou a desacelerar tendo-se fixado nos 1,6% (1,7% em Setembro). Consequentemente, a taxa média de variação anual (vulgo Taxa de Inflação) para o ano terminado em Outubro também diminuiu face ao mês anterior fixando-se em 2,2% (2,3% em Setembro).

Com estes dados reforça-se o movimento de aproximação da taxa de inflação ao limiar desejado pelo Banco Central Europeu (BCE): inflação nunca acima dos 2%. Por este andar, mantem-se o que já aqui se escreveu: as futuras subidas das taxas de juro de referência do BCE terão de ser justificadas cada vez menos por via da evolução dos preços.

Note-se que provavelmente estes foram os últimos dados relativos à inflação disponibilizados antes da próxima (pré-anunciada) subida das taxas de juro pelo BCE no início de Dezembro.

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.