Histórico de Etiquetas: Taxa de inflação 2012

Valor oficial: taxa de inflação em 2012

O INE divulgou hoje o valor oficial da taxa de inflação para 2012: 2,8%. Ao longo dos últimos 12 meses e comparando com os 12 meses imediatamente anteriores, a variação média dos preços foi de +2,8% o que compara com o valor de +3,7% registado no final de 2011. Em dezembro de 2012 os preços

Inflação anual abaixo dos 3%

[wp_ad_camp_1] O INE acaba de divulgar os dados da inflação relativos ao penúltimo mês de 2012 e confirma a expectativa de desaceleração dos preços. De facto, no ano terminado em novembro de 2012, a taxa de inflação média anual está já abaixo dos 3%: 2,9% para ser exato. É assim inteiramente plausível manter a previsão

Taxa de inflação em 2012 deverá fechar abaixo dos 3% e previsão para 2013.

[wp_ad_camp_1] Ontem, o INE apresentou os dados mais recentes relativos à inflação de outubro de 2012 indicando que a variação  média anual está agora nos 3,1%. Contudo, a variação homóloga quando comparados os últimos dois meses de outubro foi de apenas 2,1%, muito inferior à variação homóloga registada no mês anterior (2,9%) e às que

Previsão de Inflação para 2013 nos 0,9% – European Economic Forecast – Comissão Europeia Outono de 2012

[wp_ad_camp_1] Para os nossos leitores com mais interesse por análise e previsão macroeconómica deixamos aqui a ligação para o mais recente “European Economic Forecast” da Comissão Europeia relativo ao outono de 2012 ou, em bom português o relatório de previsões económicas da Comissão Europeia. As duas páginas dedicadas exclusivamente a Portugal surgem com o mote

Inflação anual até setembro de 2012 mantêm-se nos 3,3%

[wp_ad_camp_1] Para quem esteja a tentar prever o valor da inflação de 2012 surgiu hoje mais um dado, a taxa de variação homóloga de setembro que se fixou nos 2,9%. A taxa de variação média anual, por seu turno, manteve-se estável no 3,3%. No final do ano a inflação deverá ficar muito próxima deste valor

Banco de Portugal antecipa balança comercial positiva já em 2012 – Boletim Económico

[wp_ad_camp_1] O Banco de Portugal acaba de divulgar o Boletim Económico de Verão  (2012) no qual revê as expectativas macro-económicas para 2012 e 2013. Em termos gerais, o cenário agora traçado é um pouco menos negativo do que as previsões avançadas pelo Banco de Portugal há cerca de três meses. A queda do PIB não

Inflação continua a desacelerar – média anual nos 3,4%

[wp_ad_camp_1] A taxa de inflação continua a desacelerar segundo os últimos dados do INE. Em maio a variação homóloga foi de 2,7%, muito abaixo da variação média anual que passou de 3,5% em abril para 3,4% em maio. Esta discrepância indicia que muito provavelmente, a variação média anual continuará a diminuir nos próximos meses.  Eis

INE divulga série detalhada para a inflação desde 1977 até 2012

[wp_ad_camp_1] O facto histórico mais relevante da nota sobre inflação hoje divulgada pelo INE não é a variação homóloga mensal a descer para os 3,0% e a taxa de variação média anual do índice de preços no consumidor a fixar-se nos 3,5%. É, isso sim, o facto de ter divulgado, em anexo, uma série longa para

Boletim Económico da Primavera 2012 – consumo das famílias deve cair mais do que o previsto

Com a publicação do Boletim Económico – Primavera 2012 o Banco de Portugal (BdP) atualizou as previsões para os grandes agregados macroeconómicos nacionais.  Nesta revisão constata-se que as expectativas quanto à evolução da economia nacional para 2012 e 2013 surgem agora mais negativa face à previsão anterior. Em 2012 o BdP prevê uma queda recorde da economia

Inflação volta a subir em Fevereiro de 2012

A taxa de variação homóloga do índice de preços no consumidor passou dos 3,5% registados em Janeiro de 2012 para os 3,6% contribuindo para que a taxa de variação média anual (a taxa de inflação mais utilizada) tenha subido igualmente uma décima fixando-se agora nos 3,7%. Segundo o INE contribuíram de forma mais expressiva para o aumento

Interim Forecast: Portugal, Grécia e Espanha responsáveis por 95% do desemprego da UE desde o final de 2010

A Comissão Europeia divulgou ontem o interim forecast de Fevereiro de 2012 que atualiza as projeções económicas para vários países. No caso português destaca-se uma perspetiva agora mais negativa para a evolução do PIB ao longo de 2012, em concreto, a expectativa é agora de uma queda de 3,3%. A inflação esperada para Portugal em 2012 foi revista em

Inflação média anual cai uma décima em janeiro de 2012

[wp_ad_camp_1] A inflação média anual de 2011 fechou nos 3,7%, volvido um mês desde a difusão desse valor, o indicador é agora, a janeiro de 2012, de 3,6%. A energia e os bens alimentares não transformados continuam a empurrar decisivamente a inflação para o patamar atual dado que, excluindo estes produtos, a variação homóloga global

Taxa de Inflação em 2011 fixa-se em 3,7%

[wp_ad_camp_1] O INE acaba de divulgar a taxa de inflação média anual de 2011 que se fixou nos 3,7% (compara com 1,4% em 2010). Aproveitamos para recordar que a última previsão da inflação para 2012 divulgada ontem pelo Banco de Portugal (ver “Previsão para a taxa de inflação de 2012 “) é de 3,2% (previsão

Banco de Portugal prevê excedente comercial já em 2012 – Boletim Económico Inverno 2011

Eis o Boletim Económico – Inverno 2011  que o Banco de Portugal acaba de divulgar. Nele o Banco traça um cenário macroeconómico mais negro para os próximos anos do que os até aqui perspetivados para a economia portuguesa. No quadro que a seguir se reproduz (clique na imagem para aumentar) extraído da publicação do Banco de Portugal podem-se

Previsão para a taxa de inflação de 2012

[wp_ad_camp_1] No seu último boletim económico (Inverno 2011/2012) o Banco de Portugal reviu significativamente em alta a previsão para a taxa de inflação de 2012. Assim enquanto no Boletim de Outono de 2011 perspetivava uma inflação (IHPC que é ligeiramente diferente do IPC nacional) de 2,4%, agora prevê uma subida dos preços de 3,2% durante

Previsões Económicas de Outuno da Comissão Europeia – 2011

A Comissão Europeia divulgou hoje as previsões de Outuno 2011 para a economia dos estados membros da União Europeia para os próximos dois anos. Para Portugal antecipa uma queda real do produto de 3,0% em 2012 e um crescimento de 1,1% em 2013. Simultaneamente antecipa que o desemprego continue a aumentar ligeiramente atingindo os 13,7%

Inflação acelerou: depósitos a um ano só oferecem ganho real acima de 4,2%

Depois de um abrandamento em Agosto (2,9% de variação homóloga), a inflação acelerou em Setembro tendo aumentado para um nível 3,6% acima do registado no mesmo mês de 2010. Em termos de média anual a consequência foi um aumento para os 3,3% aproximando-se assim da previsão para a taxa de inflação de 2011 feita recentemente pelo

Top