Base de dados Excel de Depósitos a Prazo integralmente atualizada (julho 2012 atual.)

[wp_ad_camp_1]

Completámos a segunda e última parte da atualização da nossa base de dados sobre depósitos a prazo em Portugal relativa ao mês de julho. Entre os dias 3 e 8 de julho visitámos os sítios de 18 instituições financeiras a operar em Portugal e atualizámos a informação de cerca de 270 depósitos*.

Sem prejuízo de convidarmos os nossos leitores a descarregarem e explorarem o ficheiro excel com os melhores depósitos a prazo do momento, destacamos cinco dos melhores depósitos a um ano, quatro deles não promocionais (ou seja disponíveis para novos e velhos clientes). Quem tenha 25 mil euros para aplicar pode escolher qualquer um destes depósitos, quem tiver um pouco menos verá o leque diminuído mais ainda assim, a partir dos 500€ já poderá aceder a um depósito a prazo com retorno um pouco acima da taxa de inflação esperada. Para conhecer a lista de bancos que integram o Fundo de Garantia de Depósitos Português poderá aceder aqui (clique).

Banco Nome do Depósito Taxa de Juro Anual Nominal Bruta (TANB) Tipo de Taxa Depósito Minimo Depósito Máximo Perda de juros com mobilização antecipada Só para novos capitais?
Banco Invest Novos Depósitos 5,25 Fixa 2000 75000 50% Sim
PrivatBank Dep. Taxa Fixa 5,25 Fixa 500 N/A 100% Não
ActivoBank Poupança Extra 4,75 Depende de condições 25.000 45.000 Variável Não
BIG Depósito Renda Mensal 4,5 Fixa (Juros mensais) 10000 75000 N/A Não
Deutsche Bank DB Vantagem 4 Decrescente (Trimestrais) 1000 N/A Variável Não

De atualização à base de dados resultou a constatação de que as taxas de remuneração para novos depósitos continuam a diminuir, sendo agora mais difícil garantir uma taxa de juro real (descontada já a inflação) positiva para o seu depósito a prazo.

Ainda assim, neste contexto de forte apelo à subscrição de obrigações por parte da força de vendas bancária (relegando um pouco para segunda prioridade os depósitos) recomendamos, também, a leitura do artigo que editámos sobre o assunto há poucos dias: “Cuidado! Uma obrigação não é um depósito e a taxa líquida… não consta“.

Bons negócios!

 

* Por dificuldades de acesso ao sítio da Caixa Galícia mantivemos, nesse caso, os dados de junho.

GOSTOU DO QUE LEU?
Então não perca nenhum dos nossos artigos.
Receba um EMAIL diário com os resumos:


Artigos Relacionados

Top