Software de controlo parental pouco popular entre pais do Sul da Europa

Sendo habitual associar os países do Sul da Europa a uma menor emancipação dos filhos (ou pelo menos mais tardia) face à família e a uma manutenção mais presente dos laços familiares (digamos, um menor desprendimento) ao longo da vida quem acharia que seriam os melhores candidatos a maiores controleiros do que os filhos/crianças fazem … Ler mais