E se o anunciante só pagar quando alguém clica no anúncio ou compra o produto?

O CPC ou Custo por Clique é uma forma de contratação de anúncios que garante ao anunciante que só incorre em custos publicitários caso algum utilizador da internet ache o seu anúncio suficientemente interessante para ter a curiosidade de saber mais, clicando no dito cujo. No limite, um anúncio pode ser impresso infinitamente sem custos para o anunciante. Ou seja, quem disponibiliza o espaço, neste caso, pode estar a servir milhares de anúncios para o boneco.

Outra forma popular, particularmente entre aquilo que se designam de contratos de afiliação, é a de apenas remunerar quando há uma compra online de um produto ou serviço (via Custo Por Aquisição ou CPA) ou quando o potencial futuro cliente é levado a preencher um formulário de contacto, efetuando um registo. Nestes casos, a remuneração pode ser feita por um valor fixo, à cabeça, mas também pode ser uma percentagem do volume de negócios realizado e/ou dos negócios futuros desse mesmo cliente ao longo de um determinado período de tempo. Os instrumentos de rastreio, cada vez mais evoluidos, que permitem acompanhar o comportamento dos internautas (caso estes autorizem a instalação de cookies nas suas máquinas, por exemplo) têm permitido alguma credibilização desta forma de contrato.

Ler mais