Blogs do Ano - Nomeado Política, Educação e Economia

Para preço igual ou ligeiramente superior a escolha recai no produto nacional

Há alguns dias que temos em curso a pesquisa "Quando vai às compras admite pagar mais para comprar um produto português? (act.)" junto dos nossos leitores e com 451 respostas recolhidas e constatada a estabilidade nas relação entre as respostas obtidas decidimos dar por findo o exercício.

O que concluir? Que entre os leitores que responderam, 45% dá uma vantagem preferencial aos produtos portugueses quando estes se apresentam a preço idêntico a outros não portugueses. Apuraram-se ainda 18% dos respondentes que admitem pagar ligeiramente mais (até um máximo de 5%) para adquirir um produto nacional, uma percentagem ligeiramente superior à dos leitores que optam sempre por comprar o mais barato. Eis os resultados completos:

Ler mais