Melhores Spreads e TAEG no Crédito à Habitação Março 2020

Melhores Spreads e TAEG Crédito à Habitação em Março 2020

Em março de 2020, procedemos à primeira atualização do ano do ficheiro onde temos acompanhado a evolução das TAEG e spreads de crédito à habitação. Pode encontrar esses dados no ficheiro excel: Melhores Spreads e TAEG no Crédito à Habitação Março 2020.

Destacamos que consideramos apenas os contratos de crédito à habitação com o fim de que a habitação seja para residência permanente, realizados por cidadãos residentes.

Incluímos na análise todas as ofertas que respeitem o acima referido independentemente do escalão etário. Não considerámos empréstimos onde exista uma modalidade de pagamento residual no final do contrato.

Identificamos os mínimos e máximos para os spreads bem como para as TAEG, seja para contratos de taxa fixa, mista ou variável.

 

 

Melhores Spreads e TAEG no Crédito à Habitação Março 2020

Desde julho de 2019, momento em que haviamos efetuado a última análise à informação, até março de 2020, aumentou o número de bancos que “encostou” os seus spreads mínimos a 1% e houve mesmo um, o Millennium BCP, que passou a apresentar uma taxa mínima de 0,85% ainda que relativa a um contrato de crédito de taxa mista.

Sem prejuízo de consultar o ficheiro excel onde encontrará, entre outros, as ligações para as fichas de taxas de juro onde poderá analisar mais detalhes sobre as características da oferta de crédito à habitação disponível em cada banco, apresentamos a tabela resumo à data de março de 2020.

Melhores Spreads e TAEG Crédito à Habitação em Março 2020

 

Como já sugerimos no passado, vale a pena recordar, a esse propósito, o nosso artigo “Como escolher o melhor crédito: a TAEG“. A verdade é que uma descida de spread pode ser anulada por uma subida de outros custos e vice-versa e nem todos os bancos têm a mesma estrutura de custos. Alguns têm mais comissões e os custos das ditas comissões são também diversos. A TAEG permite facilitar essa comparação colocando tudo numa base comparável.

Tagged under:

Deixar uma resposta