Venda de automóveis em queda há dois meses – Outubro 2018

Venda de automóveis

O dinamismo das vendas do setor automóvel foi posto em causa pelos resultados apurados pela ACAP nos meses de setembro e outubro de 2018. De facto, as vendas totais do mercado caíram 10,1% em setembro de 2018 face a setembro de 2017 e 9,1% no mês de outubro.

No conjunto do ano, até outubro, o acumulado de vendas é ainda superior ao registado nos primeiro 10 meses do ano anterior: +4,7% mas a verdade é que se a tendência de queda persistir em novembro e dezembro, esse crescimento pode ser anulado.

Este comportamento de queda não tem sido transversal quando consideramos as várias categoria de veículos.

Na realidade, os meses de setembro e outubro registaram crescimentos de vendas face ao ano anterior nos veículos pesados (muito significativos nos pesados de passageiros). Entre os comerciais ligeiros, setembro e outubro foram também meses de crescimento das vendas.

Foi a queda de 14,0% em setembro e de 12,2% em outubro no veículos ligeiros de passageiros que arrastou o conjunto do mercado para um arrefecimento significativo do dinamismo até aqui registado.

Em média venderam-se 23.280 veículos ligeiros e pesados em cada um dos 10 meses de 2018 para os quais já há registos estatísticos.

Renault, Peugeot e Fiat asseguraram o top 3 de marcas mais vendidas até outubro, com 33% do mercado.

Scania, DAF e Mercedes-Benz ocuparam o top de marcas mais vendidas entre os pesados, com 46,4% do mercado.

 

Setembro Outubro Janeiro a Outubro
2018 2017 %Var 2018 2017 %Var 2018 2017 %Var
Ligeiros Passageiros 12 771 14 857 -14,0% 13 956 15 898 -12,2% 196 652 187 450 4,9%
Ligeiros Mercadorias 3 148 3 005 4,8% 3 244 3 150 3,0% 31 486 30 333 3,8%
Total de Ligeiros 15 919 17 862 -10,9% 17 200 19 048 -9,7% 228 138 217 783 4,8%
Total Pesados 615 524 17,4% 616 544 13,2% 4 660 4 554 2,3%
Pesados Mercadorias 570 505 12,9% 557 524 6,3% 4 248 4 241 0,2%
Pesados Passageiros 45 19 136,8% 59 20 195,0% 412 313 31,6%
Total do Mercado 16 534 18 386 -10,1% 17 816 19 592 -9,1% 232 798 222 337 4,7%

Dados da ACAP.

 

Tagged under:

Deixar uma resposta