Transferências bancárias imediatas já estão disponíveis

Euro

As transferências bancárias imediatas (que demoram no máximo 10 segundos a concretizar-se) já estão disponíveis no Sistema de Compensação Interbancário (SICOI) desde 18 de setembro de 2018 segundo informação oficial do Banco de Portugal.

De facto, o Banco de Portugal, que entre diversas outras funções, é responsável por assegurar e regular o sistema de pagamentos nacional, garante que qualquer instituição bancária a operar em Portugal já poderá oferecer as transferências bancárias imediatas aos seus clientes, se assim o desejar.

 

Características das transferências bancárias imediatas

A transferência imediata garante que uma ordem de transferência dada por um cliente de um dado banco seja efetuada quase instantaneamente,  surgindo o dinheiro na conta do destinatário, noutro banco, no máximo, ao fim de 10 segundos.

EuroEstas transferências estarão disponíveis 24 horas por dia em todos os dias do ano e permite a transferência máxima de €15.000. Este limite máximo está definido a nível europeu, podendo vir a ser alterado no futuro.

Outra características prende-se com o facto de não se limitarem ao sistema de pagamentos português e respetivos bancos, de facto, permitem transferências interbancárias e internacionais entre todas as instituições bancárias dos países do espaço SEPA. Ou seja, abrangem todos os países da União Europeia e ainda a Islândia, Liechtenstein, Noruega, Suíça, Mónaco e San Marino.

 

Como pode ter acesso às transferências bancárias imediatas?

Dependerá do seu banco ou de mudar a conta para um banco de adira a esse serviço. Para já sabemos que o Santander totta e o Millennium BCP jé têm o serviço disponível. A CGD ainda não. Se são clientes dos bancos que já fornecem o serviço recomenda-se a consulta do preçário para identificar eventuais comissões associadas bem como quais os canais em que o serviço está disponível.

Note-se que o MB Way é um sistema que permite transferências imediatas ainda que só disponível dentro da rede multibanco.

 

ADENDA: O Diário de Notícias já foi espreitar alguns dos preçários dos bancos que já oferecem o serviço e escreveu um artigo sobre o assunto. Entretanto, também o ECO fez o trabalho de casa com um artigo mais completo: “Transferências imediatas custam até 10 vezes mais que MB Way “.

Tagged under:

1 Comentar...

  • Humberto Correia SantosResponder

    É penalizar os Bancos, utilizando os Serviços da Concorrência, para os obrigar a baixar as comissões que cobram !

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.