Previsões Económicas 2018, 2019 e 2020

O Banco de Portugal manteve as Projeções para a economia portuguesa: 2018-2020 que havia divulgado em dezembro de 2017 em alguns dos indicadores fundamentais, desde no PIB. De facto, tal como no final de 2017, as previsões económicas 2018, 2019 e 2020 feitas na primavera de 2018 apontam para um crescimento do PIB de 2,3%, 1,9% e 1,7% nos três anos, respetivamente.

Por outro lado, a previsão da taxa de inflação para 2018 é das indicadores que mais foi revisto, caindo três décimas.

O Banco de Portugal está agora também mais confiante de que o comportamento da Formação Bruta de Capital Fixo (um dos indicadores de investimento) será mais robusto, tanto em 2018 como em 2019. Do mesmo modo, foi revista em alta a procura interna, neste caso nos três anos.

O Banco espera ainda que tanto as exportações como as importações sejam mais dinâmicas em 2018 do que antecipava em dezembro de 2017. Para 2019 reviram em baixa ligeira ambas e para 2020 fizeram o oposto.

Ainda especificamente para 2018, o Banco de Portugal melhorou as suas expectativas quanto à evolução do emprego face ao que previa para a totalidade do ano, nas projeções económicas de inverno.

Quanto ao desemprego, a previsão foi revista de forma significativa nos três anos, antecipando-se agora uma queda mais rápida da taxa de desemprego em 2018, com efeitos em 2019 e 2020.

Finalmente, as previsões quanto à balança corrente e de capital são agora ainda mais otimistas do que anteriormente antecipado, em todos os três anos do intervalo de previsão.

Provisões Económicas para 2018, 2019 e 2020
Fonte: Banco de Portugal

 

Poderá encontrar no Economia e Finanças mais novidades ao nível das previsões económicas logo que estas surjam.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.