Está melhor preparado do que em 2007 para enfrentar uma futura crise?

Uma das iniciativas que vamos retomar agora que estamos à beira do comemorar o 12º aniversário é das pesquisas aos nosso leitores em torno de temas que podem ou não estar na atualidade mas que acreditamos mereçam alguma reflexão e debate.

O primeiro exemplo é o da pergunta que dá o título a este artigo “Está melhor preparado do que em 2007 para enfrentar uma futura crise?“.

Não que adivinhemos uma crise ao virar da esquina mas sabendo que ela é inevitável no sentido em que faz parte dos ciclos económicos habituais e sabendo também que há alguns anos que a economia mundial tem estado em crescimento, achámos oportuno sugerir esta reflexão pessoal a cada um dos nossos leitores que passe por este artigo ou pela pesquisa que vamos deixar durante algum tempo na coluna lateral.

Crise 2008Tem mais recursos para enfrentar uma crise hoje do que tinha em 2007 ou 2008? Sabe o que deve e não deve fazer? Tem poupanças?

Apesar da economia mundial estar em crescimento há alguns anos, a verdade é que apenas há pouco tempo alguns países, como o nosso, superaram os níveis de riqueza anual gerada que haviam atingido há cerca de 10 anos, antes do início da última crise.

Portugal só nos últimos trimestres registou um PIB superior ao de 2007, confirmando, em termos de crescimento económico, a famosa frase de “a década perdida“.

Juntando a estas inevitabilidades de concretização incerta apenas quanto ao momento exato do sua concretização alguns indicadores económicos que fazem recordar outros períodos históricos que antecederam o início de uma crise (em especial a evolução do crédito pessoal e às famílias e o impacto no consumo, importações e evolução dos preços no imobiliário) talvez seja oportuno responder a esta pergunta.

Tagged under:

3 Comentários

  • Avelino Gomes valenteResponder

    Concordo completamente. E baixar as que muito pouco

  • Armando Nunes RodriguesResponder

    Só os ricos estão preparados para as crises quem trabalha e vive do seu trabalho nunca está,para mais é dificil poupar com o que se ganha.

  • Emidio Jorge CamachoResponder

    O tempo das vacas gordas está a acabar. Não vejo para aqueles que nos governam capacidade para enfrentar uma nova crise. meu comentário resume-se no seguinte:
    COITADO D’EU!!!

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.

NOS